OFERECIMENTO:
Pelo Vale - Terça-Feira, 15 de Dezembro de 2015 - Hora:16:52

“Não tenho mais esperança de ver o asfalto”

Moradores de São Roque estão revoltados com a demora

Adair Fritsch atravessa a estrada com sua vaca: “asfalto não durou nada”

De asfalto na VRS 813 (843), só resta a placa na frente da igreja da localidade de São Roque, anunciando que a obra entre Feliz e Linha Nova seria concluída em 7 de setembro do ano passado.

Faltou uma camada e o “pesadelo” dos buracos e da poeira retornou. “Não terminaram e foram embora. O asfalto não durou nada”, protesta Adair Fritsch, 76 anos, que atravessava a estrada, na frente da igreja, puxando uma vaca. “Não tenho mais esperança, ainda mais com este governo sem dinheiro”, completou, desiludido.

A situação só não é pior porque, mesmo que seja uma estrada estadual, a Prefeitura tem procurado realizar melhorias. Na semana passada colocou saibro e passou a patrola; “Foi um alívio. O desejo é que fosse asfalto, mas pelo menos foi feita esta manutenção. Estava horrível”, diz a também moradora Marinês Bohn Rambo. O temor é que, em caso de voltar a chover, os buracos retornem, dificultando a trafegabilidade.

Alem do trecho de São Roque, em outros pontos a pavimentação está boa. Mas já perto de Linha Nova ainda está com chão batido. O temor é que com a demora o que foi feito seja perdido, tendo que iniciar de novo, com desperdício do dinheiro público e mais transtornos para os moradores e usuários.

Retomada
O superintendente regional do Daer de Bento Gonçalves, engenheiro Ernesto Luiz Vasconcellos Eichler, acredita que as obras sejam retomadas em breve, ainda antes do final do ano. Ele diz que foi solucionado o impasse sobre uma galeria, perto da figueira. “A obra foi autorizada. Era o último impedimento para retomar”, diz, garantindo que existem recursos para a continuação, mesmo com a grave crise financeira do Governo Estadual.

Ainda deve ser resolvido o impasse quanto ao traçado na chegada a Linha Nova. Mesmo assim, Ernesto acredita que os trabalhos logo serão reiniciados. Já os moradores e usuários seguem desconfiados, só acreditando no asfalto quando a obra estiver de fato concluída. Ainda não se sabe quando esta “novela” terá fim.

OFERECIMENTO:

colunas e blogs

o Vale quer saber

Você costuma fazer doações para pessoas que estejam precisando?
Não
Sim


Escritório Comercial S. S. do Caí:
Avenida Dr. Bruno Cassel, 179
Fone / Fax: (51) 3635-1900

Escritório Comercial Montenegro:
Rua Oswaldo Aranha, Via Verde, 1467
Fone / Fax: (51) 3632-9680

Administração:
Rua Fato Novo, Nº 11
Fone / Fax: (51) 3635-1428

Contato
Todos os Direitos Reservados | Jornal Fato Novo | Vale do Caí | RS | Por Nigma Agência Digital