OFERECIMENTO:
Terça-Feira, 05 de Setembro de 2017 - Hora:08:00

100 mil tratores em 10 anos

John Deere fabrica 70 tratores por dia na fábrica de Montenegro

Fábrica de Montenegro é uma das mais modernas do mundo /John Deere/Divulgação

Quando se criou a expectativa de que Montenegro receberia uma montadora não se tinha idéia de que tipo de veículo seria produzido no município. As especulações giravam em torno de montadora de automóveis, de tratores. Foi então anunciada à fábrica de tratores da John Deere. Dez anos depois se vê o quanto Montenegro e a região têm a comemorar com este grande empreendimento.

A comemoração do 10º aniversário da fábrica aconteceu na última quarta-feira, na própria indústria, localizada no distrito industrial de Montenegro, próximo da BR 386. O evento teve a presença da direção da John Deere, autoridades e funcionários.

“Hoje fabricamos tratores para o mundo inteiro”, destacou o CEO da Deere, o norte-americano Samuel Allen, destacando o crescimento das exportações. “Mesmo em tempos de crise econômica, a John Deere seguiu investindo”, completou o presidente da John Deere Brasil, Paulo Herrmann, que fez questão de ressaltar a presença do “padrinho” da fábrica, o empresário Heitor Müller, ex-presidente da Fiergs, que foi um dos principais responsáveis pela vinda da John Deere para Montenegro. Durante o evento também falaram o gerente geral da fábrica, Paulo Rohde, o prefeito de Montenegro, Luiz Américo Aldana, o vice-governador José Paulo Cairoli e o empresário Raul Randon, das Empresas Randon, que foi homenageado com uma chave de ouro, em celebração aos 100 mil tratores produzidos na unidade de Montenegro.


Mil funcionários
A fábrica da John Deere iniciou a sua produção em 2007, com oito modelos de tratores. Atualmente já são produzidos 26 modelos e a unidade montenegrina é uma das mais modernas instalações industriais agrícolas do mundo. A produção aumentou de 20 para 70 tratores ao dia, com capacidade para produzir 14 mil tratores por ano. A fábrica produz tratores com motor de diferentes faixas de potência, de 55 até 400 cavalos. Destaque para os tratores de alta potência das Séries 7J e 8R. “Estes tratores representam a última geração em inovação e tecnologia, incorporando os recursos para agricultura de precisão, monitoramento de performance, desempenho e conectividade. A tecnologia vai ao encontro da necessidade dos agricultores em fornecer alimentos em larga escola e de forma sustentável, para alimentar a crescente população mundial”, diz Paulo Rohde.

O crescimento da produção da John Deere seguiu as boas perspectivas agrícolas nacionais, principalmente pelas sucessivas safras recordes da última década. Quando foi construída, a fábrica de Montenegro exigiu investimentos iniciais na ordem de 250 milhões de dólares. Pouco tempo depois, em 2015, foram mais 40 milhões de dólares para ampliar as instalações e nacionalizar a produção dos tratores de grande porte 8R, os únicos fabricados pela companhia fora dos Estados Unidos. Em uma área de 77 mil metros quadrados, a unidade de Montenegro fica estrategicamente localizada no Vale do Caí e perto da capital, além de junto da BR 386, porto e ferrovia, com a possibilidade de contar também com um aeroporto próximo.

Na fábrica de Montenegro trabalham 900 funcionários diretos e cerca de cem indiretos. Conforme a John Deere, da fábrica montenegrina são exportados equipamentos para toda a América do Sul e até para alguns países da África. Para Montenegro, além dos empregos, a John Deere também é a empresa que mais dá retorno de ICMS (Valor Adicionado), que é a principal fonte de recursos para o município investir em melhorias para a população. Além de Montenegro, a John Deere fabrica colheitadeiras de grãos em Horizontina, colhedoras de cana-de-açúcar e pulverizadores em Catalão )GO) e máquinas de construção em duas unidades em Indaiatuba (SP). Em Campinas a John Deere conta com o Centro de Distribuição de Peças da América do Sul, o centro de treinamento e o recém-inaugurado centro de agricultura de precisão e inovação.

A John Deere é líder mundial no fornecimento de serviços e produtos avançados. Desde a sua fundação, em 1837, a John Deere tem oferecido produtos inovadores de alta qualidade.


Crescimento da fábrica
Paulo Herrmann diz que a implantação da fábrica em Montenegro superou as expectativas. Destacou que muitos dos funcionários são montenegrinos que buscaram a qualificação. “Em dez anos melhoramos quatro vezes a eficiência da fábrica”, afirmou.

Sobre a possibilidade de mais investimentos, lembra que o CEO Samuel Allen falou que como Montenegro tem a única fábrica onde a John Deere produz tratores no Brasil, existem planos de expansão para novos modelos. Estes novos investimentos ainda estão sendo estudados para depois serem anunciados. “Temos que acompanhar as projeções de crescimento de mercado”, conclui Paulo Herrmann.

OFERECIMENTO:

colunas e blogs

o Vale quer saber

O que vai acontecer com Lula?
Nenhuma das opções
Voltará a ser presidente
Será preso


Escritório Comercial S. S. do Caí:
Avenida Dr. Bruno Cassel, 179
Fone / Fax: (51) 3635-1900

Escritório Comercial Montenegro:
Rua Oswaldo Aranha, Via Verde, 1467
Fone / Fax: (51) 3632-9680

Administração:
Rua Fato Novo, Nº 11
Fone / Fax: (51) 3635-1428

Contato
Todos os Direitos Reservados | Jornal Fato Novo | Vale do Caí | RS | Por Nigma Agência Digital