OFERECIMENTO:
Barão - Sábado, 15 de Julho de 2017 - Hora:08:00

Acidente mata jovem e ex-namorado

Caso deixou familiares intrigados e teve grande repercussão

Automóvel em que os jovens estavam pertencia ao pai de Raqueli e ficou completamente destruído /Altamir Oliveira/Rádio Estação

A forte colisão frontal de uma VW/Saveiro contra um caminhão, por volta das 19h15 da quarta-feira, em Carlos Barbosa, acabou vitimando os ocupantes do automóvel. Raqueli Zimmer, 21 anos, moradora de Barão, e Rudinei Testa, 30 anos, residente em Flores da Cunha, tiveram morte instantânea. O motorista e o passageiro do veículo de cargas, placas de São Jorge, sofreram ferimentos e foram encaminhados pelo Samu para atendimento no hospital São Roque, na cidade serrana.

Os jovens que perderam a vida no acidente foram reconhecidos por familiares de Raqueli, que se dirigiram ao local, no Km 12 da ERS 446, na localidade de São José. Conforme relatos de pessoas próximas, os dois teriam mantido um relacionamento, que havia sido terminado há cerca de oito meses. Uma reaproximação era desconhecida.

No final da tarde, a jovem deixou sua mãe em um salão de beleza da cidade. Era esperada, em seguida, na floricultura em que trabalhava. Contudo, enviou mensagem a uma colega de trabalho pedindo para que essa fechasse o estabelecimento.

A incerteza de seu paradeiro deixou os pais em alerta, que partiram à sua procura, até que tiveram conhecimento do acidente fatal através do contato de um conhecido da família.

Tida como uma pessoa muito responsável e carinhosa, Raqueli Zimmer iria iniciar um curso técnico de Radiologia na semana que vem. Bela, a baronense colecionava conquistas em concursos de beleza, como uma etapa do tradicional Garota Verão, em 2013. Ela estava disposta, inclusive, a participar da escolha da nova corte de Barão. “Sempre foi uma pessoa muito dedicada, prestativa e participativa, sem contar que sempre foi muito educada e sorridente”, recorda Natalie Emanuele Bianchi, que foi professora de Raqueli no Instituto de Educação Assunta Fortini.

Mensagens de pesar e incredulidade tomaram conta da página da jovem no Facebook. A última postagem de Raqueli na rede social, na quarta, foi emblemática: “Sejamos gratos por cada manhã!”.

As últimas homenagens à Raqueli Zimmer foram prestadas na manhã dessa sexta-feira, com acompanhamento de uma multidão, na localidade de Linha Francesa Alta, onde residia com os pais, Maria Lisete e Lauri Inácio Zimmer. Ela também deixa os irmãos Rafael e Roberto.

A outra vítima, Rudinei Testa, era paranaense, mas residia, atualmente, em Flores da Cunha. Ele deixa um filho, os pais e irmãos. Seu sepultamento foi realizado na tarde de quinta, no cemitério público da cidade serrana.

As circunstâncias do acidente serão investigadas pela Delegacia de Polícia de Carlos Barbosa.


“Queremos que tudo seja esclarecido”
Ainda muito abalado, Lauri Inácio Zimmer atendeu a reportagem do Fato Novo, na tarde dessa sexta-feira. O conforto, conta ele, vem das tantas manifestações de carinho recebidas pela família. “Ela era muito querida por todos, sempre estava alegre e nunca nos faltou com respeito. Queria ser rainha de Barão, mas agora vai ser rainha lá no céu”, conta o pai.

Para agradar a família, Raqueli gostava de fazer bolos e preparar um bom chimarrão. As brincadeiras também faziam parte de sua rotina de bom humor, além do prazer por curtir festas com os muitos amigos.

O fato do acidente ter acontecido na rodovia que liga Carlos Barbosa a São Vendelino é um mistério para os Zimmer. “Não havia razões para ela pegar a minha Saveiro, tão pouco para estarem juntos e andando por lá. A Raqueli não comentou nada sobre estar voltando com o ex-namorado”, relata Lauri.

No momento da colisão, Rudinei estava dirigindo o automóvel, outro fato que deixou a família intrigada. Depois que o namoro acabou, o rapaz teria visitado os pais de Raqueli, pelo menos, duas vezes. “Sempre tivemos uma relação de respeito, não havia qualquer problema. Nenhum dos dois está mais aqui para contar o que aconteceu. Mas queremos que tudo seja esclarecido pelas investigações”, conclui o pai.

OFERECIMENTO:

colunas e blogs

o Vale quer saber

Não há enquetes disponíveis para votação no momento


Escritório Comercial S. S. do Caí:
Avenida Dr. Bruno Cassel, 179
Fone / Fax: (51) 3635-1900

Escritório Comercial Montenegro:
Rua Oswaldo Aranha, Via Verde, 1467
Fone / Fax: (51) 3632-9680

Administração:
Rua Fato Novo, Nº 11
Fone / Fax: (51) 3635-1428

Contato
Todos os Direitos Reservados | Jornal Fato Novo | Vale do Caí | RS | Por Nigma Agência Digital