OFERECIMENTO:
Pelo Vale - Segunda-Feira, 25 de Junho de 2018 - Hora:08:00

Agora é preciso cuidado com o perigo de atropelamentos

Os moradores do Chapadão se livraram da poeira, mas agora terão de se cuidar com os motoristas irresponsáveis

No Chapadão, Alto e no Baixo (foto), é grande o risco de atropelamentos e é preciso tomar medidas preventivas | Renato Klein

Felizmente. a obra de asfaltamento da estrada VRS-874 Caí-Hortêncio foi concluída. Mas é necessário, agora, tomar cuidado com o problema do excesso de velocidade.

A máxima velocidade permitida numa estrada é de 80 quilômetros por hora. Mas, nos trechos em que a estrada passa por dentro de uma cidade a velocidade máxima passa a ser de 60 quilômetros por hora.

Isso vale, também, para a estrada de Hortêncio que - asfaltada como está agora - convida os condutores de veículos a pisar mais fundo no acelerador.

O mínimo que precisa ser feito é colocar placas alertando os motoristas quando chegam aos trechos urbanos e informando a eles que a máxima velocidade permitida é 60 quilômetros por hora.

Se isso não for suficiente, medidas mais drásticas terão de ser tomadas.

CHAPADÃO ALTO TAMBÉM
Também a vila do Chapadão Alto precisa ser incluída no trecho urbano da cidade. Ali existem muitas residências, alguns estabelecimentos comerciais e até um igreja. É um ambiente totalmente urbano e não se pode permitir que veículos passem por ali em velocidade superior a 60 quilômetros por hora.

O CUIDADO, AGORA,
É OUTRO
Como era antes, a estrada também era perigosa. Carros passando em alta velocidade levantavam poeira na estrada que penetravam nas casas por qualquer fresta, sujando o interior das residências e causando, inclusive, doenças respiratórias.
Esse problema era tão sério que, há um mês, moradores de um trecho que ainda não estava asfaltado chegaram a bloquear a passagem de veículos na estrada por algumas horas.

Felizmente, esse é um problema solucionado. Agora o que precisa ser feito é proibir os motoristas descuidados de exagerar na velocidade.

ARROIO BONITO
A estrada de Hortêncio passa por duas localidades com o mesmo nome: Arroio Bonito. Uma situada no município de Hortêncio e outra no do Caí. Para diferenciar uma da outra, elas eram denominadas, antigamente, de Arroio Bonito dos Hess (o do Caí) e o outro de Arroio Bonito do Lamb, em São José do Hortêncio.

As duas localidades, embora não sejam tão povoadas como o Chapadão Alto, também merecem receber placas obrigando os condutores a reduzir a velocidade. Até porque essas localidades, assim como todas existentes nas laterais da estrada, vão se desenvolver nos próximos anos e terão suas populações aumentadas.

OFERECIMENTO:

colunas e blogs

o Vale quer saber

Não há enquetes disponíveis para votação no momento


Escritório Comercial S. S. do Caí:
Avenida Dr. Bruno Cassel, 179
Fone / Fax: (51) 3635-1900

Escritório Comercial Montenegro:
Rua Oswaldo Aranha, Via Verde, 1467
Fone / Fax: (51) 3632-9680

Administração:
Rua Fato Novo, Nº 11
Fone / Fax: (51) 3635-1428

Contato
Todos os Direitos Reservados | Jornal Fato Novo | Vale do Caí | RS | Por Nigma Agência Digital