OFERECIMENTO:
Sbado, 02 de Setembro de 2017 - Hora:08:00

Aos 34 anos, balconista descobre que foi adotado e tem um irmão gêmeo

Ismael de Souza procura agora encontrar o irmão gêmeo que ainda não conhece

Ismael Souza: “não vejo a hora de conhecer o meu irmão e dar um abraço nele” /Reprodução/FN

Um morador de Portão, de 34 anos, procura pelo irmão gêmeo que ainda não conhece. Ismael Correa de Souza conta que foi adotado com 8 meses por um casal de idosos de São Leopoldo. Só no mês passado, ao olhar num prontuário médico, descobriu que era adotado e que tinha um irmão gêmeo. Ele acredita que o irmão mora na região e busca alguma informação que pode levar a encontrá-lo. A foto de Ismael está também no facebook do jornal Fato Novo, onde pode ser postada qualquer informação sobre o seu irmão gêmeo.

Ismael descobriu que é natural de Santo Antônio da Patrulha e que foi adotado quando os pais estavam na Scharlau, em São Leopoldo. “A nossa situação era crítica”, diz, sobre o que lhe contaram agora. A mãe então o deixou numa casa de idosos. Ele foi adotado por um casal de São Leopoldo, enquanto o irmão gêmeo teria ido para outra família de Campo Bom.

Atualmente Ismael trabalha como balconista numa ferragem e São Leopoldo e mora em Portão. Ele tem a esperança que seu irmão gêmeo esteja pela região, em alguma cidade próxima, e que possa o encontrar. Por isso pediu que divulgassem a sua foto, acreditando que com a semelhança com seu irmão ele possa ser localizado. Conta que uma amiga teria visto o irmão levando o filho para jogar em Portão, mas ainda não o encontrou.

Ismael ainda busca mais informações sobre o seu passado. Ele soube que nasceu em 26 de abril de 1983 em Santo Antônio da Patrulha, sendo depois registrado em São Leopoldo. Sua história inclusive foi destaque no programa Balanço Geral, da TV Record. Na reportagem, Ismael conta que foi criado com muito amor pelos pais Elmar e Eliane. “Meus pais sempre foram muito amorosos, mas tinha uma auto-proteção”, diz. Estranhou só ter sido batizado aos 6 anos de idade e não ter semelhança física com os pais. Por isso desconfiava que os pais escondiam algo. Foi no mês passado, quando trocou de médico, descobriu no prontuário que era filho adotivo e que tem um irmão gêmeo. Então começou a pesquisar na internet para tentar localizar o seu irmão e acredita que ele está bem próximo, possivelmente na região. “Queria mandar um recado para ele. Não vejo a hora da gente se conhecer, de dar um abraço nele, saber a sua história, infância, adolescência. Quero conversar para a gente fazer uma história junto, de irmão. É o que espero”, conclui.

OFERECIMENTO:

colunas e blogs

o Vale quer saber

O que vai acontecer com Lula?
Será preso
Voltará a ser presidente
Nenhuma das opções


Escritrio Comercial S. S. do Ca:
Avenida Dr. Bruno Cassel, 179
Fone / Fax: (51) 3635-1900

Escritrio Comercial Montenegro:
Rua Oswaldo Aranha, Via Verde, 1467
Fone / Fax: (51) 3632-9680

Administrao:
Rua Fato Novo, N 11
Fone / Fax: (51) 3635-1428

Contato
Todos os Direitos Reservados | Jornal Fato Novo | Vale do Ca | RS | Por Nigma Agncia Digital