OFERECIMENTO:
Pelo Vale - Terça-Feira, 29 de Julho de 2014 - Hora:20:01

Arrombadores são presos depois de atacarem residência em Brochier

Desconfiança de vizinhos permitiu a prisão de dois criminosos que vieram da Região Metropolitana

Objetos foram furtados da casa no centro de Brochier

A aventura de dois arrombadores no Vale do Caí acabou logo depois de arrombarem uma residência em Brochier, na manhã de ontem, terça-feira. Em ação conjunta das guarnições das cidades vizinhas, os dois criminosos foram presos em São José do Sul. Segundo o delegado Paulo Ricardo Costa as quadrilhas são especializadas e tentam agir na região para não serem identificadas.

Por volta das 11 horas da manhã, vizinhos da residência do casal Nilson José Schu e Daiane de Matos Maciel estranharam a movimentação na casa, no centro de Brochier. Como sabiam que os proprietários estavam trabalhando, avisaram a Brigada Militar (BM). Quando a guarnição da BM chegou em frente à casa, dois indivíduos estavam colocando objetos furtados da residências dentro da camionete Corsa Wagon, placas GVW 1859, de Araranguá, Santa Catarina. Ao perceber a viatura, um dos homens fugiu a pé e o outro com o carro.

Perseguição
Os policiais passaram por rádio as informações do veículo, e todas as guarnições da região ficaram em alerta. Pouco tempo depois o Corsa era abordado na RS 470, em São José do Sul, por uma guarnição daquela cidade, auxiliada por uma equipe do Pelotão de Operações Especiais (POE) do 5º BPM, de Montenegro. No carro estavam os objetos furtados. O outro indivíduo acabou preso quando saiu de um mato e estava em frente ao Hospital São João de Brochier. Os policiais acreditam que ele tentava pegar uma carona.

Os presos foram identificados pela polícia como Ruan Ramos de Borba, 22 anos, natural de Cachoeirinha, e Cristiano Lopes Trindade, 32 anos, nascido em Alvorada. Ruan está foragido do semiaberto de Gravataí desde 30 de maio e Cristiano estava em liberdade condicional desde outubro de 2013. Ambos possuem extensa ficha por furto e roubo.

Quadrilha especializada
A ação deste tipo de criminosos não é novidade para o delegado Paulo Ricardo Costa. Há dois meses em Montenegro, ele está acompanhando a prisão dos arrombadores. “Eles vêm da região metropolitana agir aqui no Vale do Caí para não serem identificados, pois lá já são muito conhecidos”, observa Costa. De acordo com o delegado, estas quadrilhas são especializadas em arrombar residências, pois é fácil vender o produto dos furtos. O carro, de acordo com o policial, pode ter sido clonado.

Costa aconselha as pessoas a tomarem cuidados especiais com suas casas e veículos, utilizando trancas e alarmes para impedir a ação dos criminosos. Além disto, o policial orienta a comunidade para que a qualquer desconfiança, avisem à Brigada Militar. “Foi o que fez as pessoas de Brochier. Por conta disto os dois arrombadores foram presos”, aponta.

OFERECIMENTO:

colunas e blogs

o Vale quer saber

Não há enquetes disponíveis para votação no momento


Escritório Comercial S. S. do Caí:
Avenida Dr. Bruno Cassel, 179
Fone / Fax: (51) 3635-1900

Escritório Comercial Montenegro:
Rua Oswaldo Aranha, Via Verde, 1467
Fone / Fax: (51) 3632-9680

Administração:
Rua Fato Novo, Nº 11
Fone / Fax: (51) 3635-1428

Contato
Todos os Direitos Reservados | Jornal Fato Novo | Vale do Caí | RS | Por Nigma Agência Digital