OFERECIMENTO:
Harmonia - Terça-Feira, 17 de Fevereiro de 2015 - Hora:16:12

Bombeiros locais evitam incêndio de grandes proporções

Vizinha avisou e bombeiros chegaram em três minutos e salvaram residências no centro da cidade

Rapidez no socorro evito que o incêndio fosse maior

Na manhã do último sábado, aconteceu um princípio de incêndio na residência do comerciante Ricardo Motta, proprietário de uma loja de calçados da cidade.

A casa é localizada bem no centro da cidade, na rua Arnold Theobald quase na esquina com a 25 de Julho, a principal de Harmonia.

O incêndio começou num dormitório e na lavanderia e estava se expandido rapidamente, a ponto de levantar uma impressionante nuvem de fumaça visível de vários pontos da cidade e dos seus arredores.

Não havia ninguém em casa, mas o incêndio foi logo percebido pelos vizinhos, principalmente devido à fumaça.

A cabeleireira Ciça, que tem seu estúdio ao lado da casa incendiada (junto com o do seu pai, o fotógrafo Chico), ligou imediatamente para o Corpo de Bombeiros Voluntários de Harmonia e a resposta foi imediata. Em apenas três minutos os bombeiros locais estavam no local iniciando seu trabalho. Graças a isso, a destruição da residência foi evitada, assim como a propagação do incêndio para os prédios vizinhos.

O pronto atendimento evitou que a casa fosse totalmente destruída e, também, que o fogo se propagasse para as casas vizinhas. Inclusive a da mãe de Ricardo Motta, dona Ilce, já falecida, que é uma casa de madeira.

Os Bombeiros de Montenegro também se deslocaram até Harmonia e fizeram isso com rapidez (25 minutos), quando o incêndio já estava totalmente controlado.

O fato demonstra a grande utilidade dos corpos de bombeiros voluntários, que já existem em grande parte dos municípios da região.

A diferença entre os três minutos que leva um caminhão de bombeiros para ir do seu quartel até o local do incêndio na mesma cidade e os 25 minutos que demora para vir um veículo de outra cidade faz toda a diferença. Certamente, se o socorro dependesse dos bombeiros de Montenegro, a casa teria sido destruída e as duas casas vizinhas também poderiam ter sido atingidas.

Existem sete corporações de bombeiros voluntários no Vale do Caí, nas cidades de São Sebastião do Caí, Feliz, Bom Princípio, São Vendelino, São José do Hortêncio,Salvador do Sul, além de Harmonia. Como conta com apenas vinte municípios, o Vale do Caí é, provavelmente, a região do estado (talvez do país) melhor servida quanto a este aspecto no estado e, talvez, no país. Além das sete unidades de bombeiros voluntários, a região conta, ainda, com dois quartéis dos bombeiros estaduais: em Montenegro e no Portão.

OFERECIMENTO:

colunas e blogs

o Vale quer saber

Não há enquetes disponíveis para votação no momento


Escritório Comercial S. S. do Caí:
Avenida Dr. Bruno Cassel, 179
Fone / Fax: (51) 3635-1900

Escritório Comercial Montenegro:
Rua Oswaldo Aranha, Via Verde, 1467
Fone / Fax: (51) 3632-9680

Administração:
Rua Fato Novo, Nº 11
Fone / Fax: (51) 3635-1428

Contato
Todos os Direitos Reservados | Jornal Fato Novo | Vale do Caí | RS | Por Nigma Agência Digital