OFERECIMENTO:
Sexta-Feira, 27 de Setembro de 2013 - Hora:10:53

Bruxelas uma viagem inesquecível

A magia da capital da Bélgica

A Grand Place é um dos pontos mais frequentados de Bruxelas.

Parece que quando se fala em Europa, qualquer destino encanta. E quando se trata da Bélgica, parece que a magia é ainda maior. Além de ser famosa por sua lisura e honestidade nos negócios, ser a sede de várias organizações da União Europeia, como por exemplo, a OTAN (Organização do Tratado do Atlântico Norte), Bruxelas tem o seu ícone, é o “Manneken Pis”, uma estatueta de quase setenta centímetros retratando um menino fazendo xixi na bacia da fonte, na Grand Place, mostrando que a cidade não é apenas trabalho, depois do expediente seu povo é alegre e muito criativo.

Por ali também se respira a história do lugar, principalmente se o visitante caminhar pelo Centro Velho no qual o ponto principal é a Grand Place, uma praça central muito bem conservada e rodeada de casas que pertenceram aos reis e à nobreza local formando um harmonioso conjunto arquitetônico, sendo que a sede da prefeitura e da câmara municipal são os monumentos mais notados na cidade.

À noite, a Grand Place encanta com sua iluminação e pela gente bonita que se aboleta por lá. É na praça que estão os museus, cervejarias e as lojas de chocolate, tudo muito acolhedor, limpo e muitíssimo bem arrumado. Durante o inverno, oferece calor convidativo para um drink e uma boa conversa. No entanto, no verão, o lugar vira um teatro ao ar livre; artistas de rua se apresentam em diversos shows e concertos. A alegria toma conta e os cafés colocam suas mesas e cadeiras na calçada transformando tudo numa grande plateia.

Digno de nota são os ateliês de design e os antiquários da Praça Du Grand Sablon; são estabelecimentos que tiram o fôlego de quem gosta do assunto. Imperdível também são as incontáveis lojas de chocolate.
A cidade foi fundada pelos idos do Século X e tudo começou com uma colônia de artesãos.

No ano de 1847, alguns arquitetos de vanguarda resolveram construir uma espécie de cúpula sobre uma rua de comércio, nasciam então as Galerias Saint-Hubert que atraíram lojas chiques. Até hoje guardam o charme daqueles tempos.


Manekken Pis: A estátua mais famosa de Bruxelas   

Se você não se liga muito em história e prefere a modernidade, tem a Avenue Louise, na qual se espalham inúmeras lojas de grifes montadas em cima do que há mais de moderno em atendimento e design. O centro multimídia Atomium tem o formato de um átomo e foi erigida para a Exposição Mundial de 1958. A sua aparência futurista domina a paisagem do Boulevard du Centenaire e trata-se de um centro cultural muito bem equipado e com uma vista maravilhosa da cidade.

A fama de Bruxelas ser uma cidade criativa não é à toa. Foi ali que nasceu a “art noveau” através do arquiteto Victor Horta que projetou a sede do Centro Belga de Histórias em Quadrinhos, um dos expoentes deste estilo que se espalhou pelo mundo. O lugar também merece uma visita.

Se o assunto é comer, então o destino é a Petite Rue dês Bouchers onde se concentram alguns dos melhores restaurantes. O prato principal geralmente são os mariscos e outros frutos do mar, geralmente preparados gratinados e acompanhados de batatas fritas. Outra opção é coelho cozido com ameixas. Bom, a sobremesa fica por conta do chocolate Godiva que é encontrado em várias lojas espalhadas pela cidade, além do tradicional waffle, uma verdadeira paixão nacional. Quem visita a Bruxelas não pode deixar de experimentar a cerveja local; são mais de 400 tipos.

Voltando ao “Manneken Pis”, a estatueta é símbolo da cidade. Conta a história local que durante uma invasão francesa no Século XVII, a Grand Place foi destruída e tudo não ficou pior porque um menino local teria apagado o incêndio fazendo xixi sobre as chamas, daí a sua popularidade até hoje. Em dias de festa, o “Manekken Pis” ganha uma vestimenta especial; dizem que o seu guarda-roupa tem uma coleção de mais de 700 modelitos.

A cidade oferece uma boa estrutura em hotéis, sendo que é melhor ficar o mais próximo possível da Grand Place.

Coisas para comprar, não faltam e existe fartura de souvenires. Na Place du Grand Sablon acontece uma tradicional feira de antiguidades sendo que ao redor da praça tem lojas com este tipo de produto e galerias de arte. Nas Galerias Hubert encontra-se artesanato de muito bom gosto, livrarias de arte e papelarias com artigos finos.

Se você for viajar com o dinheiro contado, então procure suas lembrancinhas na Galeria Agora, cuja entrada é pela Grand Place, tem boas coisas e com preços melhores ainda.

Ficou com vontade de conferir Bruxelas bem de perto? Fale com uma agência de viagens e encomende o seu pacote. Vai valer à pena.

 

colunas e blogs

o Vale quer saber

Não há enquetes disponíveis para votação no momento


Escritório Comercial S. S. do Caí:
Avenida Dr. Bruno Cassel, 179
Fone / Fax: (51) 3635-1900

Escritório Comercial Montenegro:
Rua Oswaldo Aranha, Via Verde, 1467
Fone / Fax: (51) 3632-9680

Administração:
Rua Fato Novo, Nº 11
Fone / Fax: (51) 3635-1428

Contato
Todos os Direitos Reservados | Jornal Fato Novo | Vale do Caí | RS | Por Nigma Agência Digital