OFERECIMENTO:
Pelo Vale - Sexta-Feira, 29 de Janeiro de 2016 - Hora:19:08

Caminhoneiro felizense morre como herói em acidente na Bahia

Ao desviar do carro de uma família acabou capotando e morrendo

Acidente com Tomas Nienov, de 45 anos, ocorreu na quarta e ele só poderá ser sepultado hoje em Linha Nova

Um caminhoneiro natural da Feliz e que morava em Linha Nova morreu em acidente na manhã da última quarta-feira, dia 27. Tomas Nienov, de 45 anos, dirigia uma carreta carregada de sal. Por volta de 7h30min, na altura do quilômetro 64 da BR 101, em Entre Rios, no Estado da Bahia, tentou desviar de uma Ecosport que vinha à sua frente e que tinha freado de forma brusca devido a um cavalo na pista. Tomas evitou que a Ecosport, que transportava uma família, fosse atingida em cheio e colidiu apenas na lateral traseira, causando poucos danos materiais no veículo. Os ocupantes do carro não se feriram. Mas com o desvio e o choque o caminhão acabou ficando desgovernado. A carreta saiu da pista e capotou num barranco de cerca de cinco metros, ficando destruída. Preso às ferragens, Nienov não resistiu. “Ele salvou a vida dos ocupantes do carro, mas perdeu a sua. Morreu como herói”, destacou a reportagem do portal Entre Rios Notícias. “Acontecem muitos acidentes devido aos animais soltos na pista”, completa.

Tomas estaria vindo de Rio Grande do Norte em direção ao sul. O local do acidente fica distante cerca de 130 quilômetros da capital Os bombeiros trabalharam por cerca de três horas para a retirada do corpo das ferragens. É mais um profissional do volante do Vale do Caí que perde a vida devido às tragédias do trânsito.

Tomas morava com a família na localidade de Roseiral, no interior de Linha Nova. Tinha três filhos, sendo o mais velho com 24 anos, o do meio com 18 e uma menina de 8 (Thorben, Wesley e Ana Júlia). Mais os pais Elmário e Lucia, e os irmãos Cristiano, Elias, Anemarie e Ingrid. Conforme o sobrinho Tida Nienov, conhecido pela atuação no futebol da região, o tio também se destacava no esporte. “Gostava de jogar bolão. Foi campeão estadual. Era bem conhecido e estimado”, ressalta.

Além da tristeza pela perda, os parentes e amigos ainda viveram outro drama. Devido à distância e os transtornos, o corpo só tinha previsão de chegar a Linha Nova no início da noite de ontem para ser velado no Salão Comunitário de Roseiral. Uma irmã do caminhoneiro teve de viajar para a Bahia para providenciar a liberação no IML e o translado. Para as 9 horas da manhã deste sábado está previsto o culto de corpo presente, seguido do sepultamento em Roseiral.

OFERECIMENTO:

colunas e blogs

o Vale quer saber

Quem está ganhando a guerra contra o crime na região?
Policia
Criminosos


Escritório Comercial S. S. do Caí:
Avenida Dr. Bruno Cassel, 179
Fone / Fax: (51) 3635-1900

Escritório Comercial Montenegro:
Rua Oswaldo Aranha, Via Verde, 1467
Fone / Fax: (51) 3632-9680

Administração:
Rua Fato Novo, Nº 11
Fone / Fax: (51) 3635-1428

Contato
Todos os Direitos Reservados | Jornal Fato Novo | Vale do Caí | RS | Por Nigma Agência Digital