OFERECIMENTO:
Pelo Vale - Quarta-Feira, 14 de Março de 2018 - Hora:08:00

Caminhoneiro felizense que morava na Piedade morre em acidente em Goiás

Leonardo Hanauer, o “Léo”, de 51 anos, será sepultado hoje

/Facebook/Reprodução

O velório do caminhoneiro Leonardo Miguel Hanauer, o “Léo”, deve iniciar na madrugada desta quarta-feira, dia 14. Conforme o filho Rafael, o translado do corpo só iniciou na madrugada de ontem, terça-feira, quando saiu do Estado de Goiás por volta de 4 horas da madrugada. “Isso em virtude da distância que foi o acidente”, explica Rafael. Após o velório na capela da funerária Kiefer, na Feliz, terá missa de corpo presente às 10h30 da manhã de hoje, na igreja Santa Catarina, seguida de sepultamento no cemitério da comunidade. “Agradeço ao apoio de todos”, declarou, em mensagem por áudio.

O caminhoneiro felizense morreu em acidente na noite do último sábado, por volta de 19h30mn, quando dirigia no interior de Goiás. Leonardo Hanauer, de 51 anos, dirigia uma carreta quando foi atingido por outro caminhão que invadiu a sua pista. Ele chegou a ser socorrido com vida e levado ao hospital, mas teve uma parada cardíaca e não resistiu vindo a falecer. Bastante conhecido e estimado, Leonardo era natural de Feliz, mas já morava a muitos anos na localidade de Piedade, em Bom Princípio. Teve grande envolvimento com a comunidade da Piedade e com o futebol do Riograndense, sendo um dos principais responsáveis pelo retorno do clube em 2006 e a construção da nova sede e campo. Na equipe bicampeã dos titulares em 2007/2008 era o massagista. Depois começou a viajar no trabalho como caminhoneiro, mas mesmo a distância ainda procurava acompanhar como estava o clube, inclusive passando conselhos. O Riograndense é atualmente tetra campeão dos titulares, o que era um orgulho para Leonardo. Ele também era colorado fanático. Também conhecido como “Léo”, deixou um casal de filhos – Heloísa, de 15 anos, e Rafael, de 31, além dos irmãos Pedro Nestor, Maria, Reni, Volnei e Aloisio, e demais familiares e inúmeros amigos. Muito estimado, gostava de reunir os amigos para churrascos e confraternizações.

OFERECIMENTO:

colunas e blogs

o Vale quer saber

Não há enquetes disponíveis para votação no momento


Escritório Comercial S. S. do Caí:
Avenida Dr. Bruno Cassel, 179
Fone / Fax: (51) 3635-1900

Escritório Comercial Montenegro:
Rua Oswaldo Aranha, Via Verde, 1467
Fone / Fax: (51) 3632-9680

Administração:
Rua Fato Novo, Nº 11
Fone / Fax: (51) 3635-1428

Contato
Todos os Direitos Reservados | Jornal Fato Novo | Vale do Caí | RS | Por Nigma Agência Digital