OFERECIMENTO:
Quinta-Feira, 19 de Janeiro de 2017 - Hora:14:06

Edição nº 231, de 15 a 21 de janeiro de 1987

Resumo de notícias de 30 anos atrás

O administrador conseguiu evitar fuga de presidiários

Leandro e Grilo tentam fuga do presídio de Montenegro

O suposto assassino da jovem Maide Malmman, de Novo Hamburgo, que foi morta e jogada com as mãos amarradas de cima da ponte próxima à Antárctica de Montenegro, provocou o maior tumulto no presídio de Montenegro, quando imobilizou um agente de segurança e só não fugiu devido à intervenção do administrador do presídio, Adalberto Garthe.

O fato aconteceu no sábado, quando José Mário Soares Nogueira, o Grilo, chamou o agente Newton Moreira Barreto para dizer que Leonardo Jacob Denign estava com um pedaço de pau escondido e quando o agente foi verificiar, Leonardo estava esperando escondido. Com uma meia tesoura pontuda, ele imobilizou Newton, amarrando-o com uma corda. Tudo estava planejado por Leonardo.

Com a tesoura na garganta do agente pediam para que o PM largasse o fuzil, se não iam matar o agente, que a estas alturas já estava cortado e com uma costela fraturada devido a algumas pancadas desferidas por Leonardo e Grilo. Neste momento chegava ao presídio, numa visita fora de expediente, o administrador Alberto, que ficou surpreso com o "auê".

Ao avistar os dois presos que estavam tentando fugir, logo foi gritando, com forte determinação, que ninguém ia sair dali e que eles pensassem bem no que iam fazer e quais seriam as consequências. Ele disse para o Grilo não se meter nessa, alertando para as consequências. Naquele momento, o Grilo recuou, enquanto que um dos presos deu uma gravata em Leonardo, dando chance para que o PM e o administrador, tirassem a tesoura do presidiário.

Alberto Garther acha que os presidiários ficaram do seu lado , neste caso, porque o bom comportamento ajuda na redução da pena.


Coqueiral não quer pertencer ao futuro novo município de Harmonia

Na quarta-feira passada, uma comissão da localidade de Coqueiral, junto ao Pareci, veio até Montenegro participar de uma reunião com o Prefeito Municpal, para reivindicar a permanência da localidade no município de Montenegro, já que segundo o projeto de emancipação de Harmonia, Coqueiral parteceria áquele município, quando de sua emancipação. O projeto inclui além da Vila de Harmonia, as localidades de Matiel, Despique, Nova Santa Cruz, São Benedito, Saudades, Morro Azul, Vila Rica, Salseiro, Canto do Rio e Morro Peixoto, além de parte de Coqueiral, Bananal e Várzea do Pareci.

Segundo a comissão, a localidade não foi consultada na inclusão da mesma no futuro novo município. A comissão diz que não faz sentidopertencer à Harmonia, já que Montenegro fica mais perto. Coqueiral está há dez quilometros de Montenegro, sendo que sete são asfaltados. Harmonia está há quinze, sendo o percurso todo de chão batido.


Country Club adquire área e pensa em construir piscina

O Country Tênis Clube, que nos últimos anos, sob a presidência de João Adolfo Oderich vem se desenvolvendo e hoje, com 400 sócios, transformou-se num clube muito frequentado, tanto nas suas canchas de esportes como nas atividades sociais. Com a construção do muro e pórtico de entrada, nova cancha de vôlei, nova quadra de tênis, iluminação, boate, palco, sala com lareira, partaria e várias outras melhorias, o clube não apenas tornou-se mais atrativo, mas também conseguiu esgotar suas possibilidades de crescimento na área disponível , uma vez que passou a ser aproveitado quase todo espaço da propriedade. Agora, para oferecer ainda melhores atrativos aos seus sócios, o Country adquiriu uma área aos fundos do clube com 2.460 m², na qual deverão ser implantados no futurto mais duas quadras de tênis, além das três já existentes e um campo de futebol de sete.

Com o deslocamento para está nova área do campo de futebol, será liberado o espaço atualmente ocupado pelo campo localizado ao lado do salão. Ali a diretoria do clube faz planos de construir uma piscina, velho sonho dos sócios do clube.


Clóvis Duarte e Cláudio Gaúcho reforçam o plantel do Juventus
O time do Juventus continua fortalecendo sua equipe para a fase mais quente do Campeonato Felizense. Além de Paulo Cesar Tatu, Nenê e Cali, que entraram na equipe no último  jogo, contra o Vila Nova, deverão estrear no próximo domingo Clóvis Duarte e Cláudio Gaúcho. Com isto o campeonato felizense volta a contar basicamente com o mesmo time que já lhe deu títulos de Campeão Felizense 1985-86 e Campeão Intermunicipal de 1985.

 

 

 

colunas e blogs

o Vale quer saber

O que vai acontecer com Lula?
Será preso
Voltará a ser presidente
Nenhuma das opções


Escritório Comercial S. S. do Caí:
Avenida Dr. Bruno Cassel, 179
Fone / Fax: (51) 3635-1900

Escritório Comercial Montenegro:
Rua Oswaldo Aranha, Via Verde, 1467
Fone / Fax: (51) 3632-9680

Administração:
Rua Fato Novo, Nº 11
Fone / Fax: (51) 3635-1428

Contato
Todos os Direitos Reservados | Jornal Fato Novo | Vale do Caí | RS | Por Nigma Agência Digital