OFERECIMENTO:
Segunda-Feira, 14 de Julho de 2014 - Hora:14:46

Edição n° 100, de 12 a 18 de julho de 1984

Resumo de notícias de 30 anos atrás

Condenação trará graves prejuízos para sua carreira
Delegado Cardoso foi julgado e condenado

Foi realizado na última segunda-feira a audiência que o Ministério Público move contra o Delegado Edgar dos Santos Cardoso. O Delegado era acusado de haver conduzido amarrados à viatura policial, pela rua principal do Caí, os presos Vera Fava e Carlos Roberto dos Santos (o Carlão), autores de um latrocínio e de uma tentativa de assassinato contra o taxista Júlio Emanuelli.

Considerando que houve dolo na atitude do Delegado Edgar, ao expor os presos a população incitando o linchamento, o juiz Lúcio Merg decidiu considerar Cardoso culpado, condenando-o ao pagamento de uma multa de Cr$ 5,00 (cinco cruzeiros), entendendo ser esta pena, suficiente diante do caso.

O advogado de defesa, inconformado com a pena, entrou com recurso de apelação. Embora a multa possa ser irrisória, a condenação trará grandes prejuízos ao Delegado Cardoso. Caso a condenação se confirme em um próximo julgamento, ele fica impedido de participar de qualquer concurso público.

Periquitos erguem o seu muro

No dia 20 de junho passado, uma quarta-feira, o Riachuelo, tradicional agremiação esportiva caiense, sofreu um duro golpe no seu patrimônio. O seu estádio estava coberto pelas águas da enchente, mas já estavam baixando. Então, por volta das seis e quarenta e cinco da manhã, passou pela avenida Osvaldo Aranha um ônibus que levava operários para trabalhar na fábrica Vacchi. O ônibus passou com certa velocidade e as ondas formadas derrubaram os muros da frente do estádio.

A torcida periquita mobilizou-se imediatamente para socorrer o clube e atualmente o muro está sendo reerguido graças ao trabalho voluntário de torcedores que estão trabalhando de pedreiros nas suas de folgas de fins de semana. O clube oferece almoço e o pessoal passa o sábado e o domingo trabalhando. O cimento e outros materiais tem sido obtidos por doação de torcedores.

 

Estrada para Montenegro: O asfalto sai pelo Matiel ou pelo Pareci Velho?

Por ocasião dos festejos dos 135 anos do município de Taquari, foi realizado naquela cidade,um encontro dos prefeitos do Vale do Caí. Esteve presente também ao encontro o secretário de transportes do Estado Telmo Kirst e na ocasião foi lhe apresentada como principal reivindicação a construção de uma estrada asfaltada que ligasse Montenegro a São Sebastião do Caí.

Há, no entanto, um ponto de divergência nesta questão. Isto porque existem dois traçados possíveis para esta estrada. Um, o mais curto, seria pelo Matiel e Pareci Novo, e outro, mais longo, por Pareci Velho e Barra do Cadeia.

Até o momento prevalece a opção pelo Matiel. A estrada beneficiaria diretamente a região de Porto Pereira, Pareci Novo, Despique, Várzea, Matiel e Harmonia, que é altamente produtiva e povoada.

 

Vigaristas atacam no Arroio das Pedras
Na semana passada, quarta-feira dia 4, dois rapazes de moto, placa de São Leopoldo, estiveram no Arroio das Pedras, passando algumas pessoas para trás. Eles se diziam funcionários da CEEE e que estavam fazendo um levantamento para trocar o transformador e se as pessoas não pagassem certa quantia, a luz seria cortada por eles. Na casa de Hugo Spaniol, os desconhecidos levaram Cr$ 72.000,00. Lá eles passaram à noite, ameaçando cortar a luz se a quantia não fosse paga. Os rapazes deixaram um recibo sem assinatura.  

 

colunas e blogs

o Vale quer saber

O que vai acontecer com Lula?
Voltará a ser presidente
Será preso
Nenhuma das opções


Escritório Comercial S. S. do Caí:
Avenida Dr. Bruno Cassel, 179
Fone / Fax: (51) 3635-1900

Escritório Comercial Montenegro:
Rua Oswaldo Aranha, Via Verde, 1467
Fone / Fax: (51) 3632-9680

Administração:
Rua Fato Novo, Nº 11
Fone / Fax: (51) 3635-1428

Contato
Todos os Direitos Reservados | Jornal Fato Novo | Vale do Caí | RS | Por Nigma Agência Digital