OFERECIMENTO:
Segunda-Feira, 16 de Março de 2015 - Hora:09:10

Edição n° 135, de 14 a 20 de março de 1985

Resumo de notícias de 30 anos atrás

Dona Izolde espera que Fábio, quando crescer, venha a ser um agrônomo
Fruticultura: Um caminho seguro para os agricultores da Feliz

Visando dar estímulo à atividade dos agricultores do município de Feliz, a prefeitura local juntamente com o escritório da Emater, está promovendo a difusão das culturas de quatro espécies de frutas ainda não muito difundidas no município: a uva, o figo, o pêssego e o caqui.

A cultura da uva já está difundida na localidade de Forqueta, mas a intensão é de que ela seja desenvolvida também em outras localidades que contam igualmente com condições favoráveis ao seu cultivo.

Outra cultura que já mostrou-se exitosa no município é a do figo, com excelentes resultados.
O pessêgo é a outra fruta que já tem alguma tradição no município. Expecialmente na região de Linha Nova, onde dois produtores já desenvolvem culturas de boas produtividades.

A fruta que está sendo introduzida, com a orientação da Emater, é o caqui, que apresenta muito boas condições de mercado. Esta fruta não tem quase nenhuma tradição em Feliz e por isso tera o opoio da prefeitura na compra de mudas.

Hugo, o azarado acidentou-se outra vez

Rubem Hugo Weissheimer, 31 anos, funcionário da prefeitura de Feliz, realmente não tem sorte ao dirigir. Em 1981 ele já havia se acidentado e saiu com grave ferimentos. Naquela ocasião ele fraturou a bacia e sofreu traumatisto craniano, ficando um mês no hospital e meio ano de cama.

Semana passada novamente ele sofreu um acidente quando retomava do Vale Real, onde fora levar um amigo. Ao passar por Arroio Feliz, dormiu na direção e foi para o valo, capotando o Chevette que ele dirigia. Rubem ficou preso na carroceria amassada do veículo e não teve condições de sair por si. Gritou por socorro e veio auxiliá-lo o brigadiano Borges que reside nas proximidades.

Como resultado, Rubem fraturou a clavícula, um osso do peito, e teve de ser hospitalizado.

Heitor faz curas com o seu pêndulo

O ex-prefeito Heito Selbach vem se dedicando com grande afinco ao estudo da radiestesia, ou seja, a técnica que usa o poder da mente para a cura e prevenção de doenças. Ele acredita que com o uso desta técnica de radioestesia, se podem conseguir curas maravilhosas.

O radiestesista tem condições de captar ondas de radiação que fazem mal à saúde e elimina-lás.

Seu Heitor não cobra nada pelo seu serviço e está sempre disposto para atender qualquer pessoa.

Telefones na Conceição em breve

O presidente da CRT Athos Rodrigues esteve em Harmonia, na segunda-feira, para inaugurar os telefones daquela vila. Aproveitando a ocasião, o prefeito Cassel e o vice Schneck mantiveram contato com ele pelo telefone e pediram providência sua, para abreviar a instalção dos telefones automáticos de Conceição que seria instalado apenas em outubro.

A notícia causou grande repercussão em Conceição.

Sensível à reclamação dos moradores e à intervenção de Cassel e Schneck, o secretário garantiu que ainda em março os técnicos estariam trabalhando na ligação daqueles telefones, e no mais tardar em abril eles estarão funcionando.


Fábrica Dilly agora na Capela

A Dilly, fábrica de calçados, sediada em Ivoti, inaugurou na semana passada sua nova fábrica em Capela de Santana.
Trata-se de um novo e grande prédio de 1.600 m² construído nas imediações da antiga estação da estrada de ferro no qual já estão trabalhando 250 funcionários e espera-se que até o fim do corrente ano este número passa se elevar para 500.

 

 

colunas e blogs

o Vale quer saber

O que vai acontecer com Lula?
Voltará a ser presidente
Nenhuma das opções
Será preso


Escritório Comercial S. S. do Caí:
Avenida Dr. Bruno Cassel, 179
Fone / Fax: (51) 3635-1900

Escritório Comercial Montenegro:
Rua Oswaldo Aranha, Via Verde, 1467
Fone / Fax: (51) 3632-9680

Administração:
Rua Fato Novo, Nº 11
Fone / Fax: (51) 3635-1428

Contato
Todos os Direitos Reservados | Jornal Fato Novo | Vale do Caí | RS | Por Nigma Agência Digital