OFERECIMENTO:
Segunda-Feira, 08 de Junho de 2015 - Hora:14:05

Edição n° 147, de 6 a 12 de junho de 1985

Resumo de notícias de 30 anos atrás

No ano passado ainda dava para passar por alí, agora já não dá mais

Estrada da Bela Vista está prestes a ser toda levada pelo Rio Caí

Desde o ano passado vem causando preocupação na Bela Vista, o desbarrancamento das margens do Rio Caí que estava destruindo a estrada que, naquela localidade, margeia o rio indo de Bela Vista para a Feliz. A maior preocupação dos moradores da região agora não é mais pela estrada, que já foi abandonada, mas sim pela possibilidade iminente do rio abrir um rombo em direção àquele buraco e dali espalhar suas águas por uma parte baixa da Bela Vista. Aliás, no próximo desbarrancamento vai cair também um poste da rede telefônica que está já na beirinha do barranco.

Não há motivos para temer-se uma desgraça, pois as grandes enchentesdo Rio Caí já passaram, naturalmente, por sobre a estrada e, portanto, a destruição da mesma não deverá alterar muito a situação das enchentes naquela localidade.

Obras de calçamento não param no Caí

Já tendo concluído praticamente todo o calçamento das ruas 1º de maio, Marechal Floriano e João Pereira, nos trechos próximos ao Country Clube, a prefeitura vai dar continuidade ao seu plano de calçamento de ruas da cidade. O setor da cidade onde as obras estão sendo agora concluídas ficou com outra aparência em relação ao que era antes e, se a prefeitura puder realizar o seu objetivo de manter permanentemente o trabalho de calçamento até o final da atual gestão, toda a cidade terá a sua aparência renovada.

A prefeitura está dando prioridade para as ruas mais centrais e de maior movimento.

Desta forma, dotando grande parte da cidade de esgoto e calçamento, a prefeitura pretende efetuar uma verdadeira transformação na paisagem da cidade. O Dr. Cassel tem ainda três anos e meio de gestão e espera entregar esta sua adminitração contando com o calçamento da quase totalidade das ruas do núcleo urbano da cidade.

Ex-diretora da Escola Normal morre em acidente automobilístico

Iracema Büdke viveu pouco mais de cinco anos no Caí, entre 1969 e 1975. E bastante lembrada, por ter sido ela a esposa do pastor Seno Idio Büdke que nessa época atendeu à paróquia local. Além disto, Iracema ficou na lembrança de muitos caienses pelo seu trabalho como diretora da Escola Normal e como professora de português e inglês na mesma escola.

Atualmente o casal morava em Passo Fundo. No sábado passado, Seno e Iracema iam de carro para o casamento de uma afilhada do casal a realizar-se em Três Passos. Seno saiu dirigindo mas depois de algum tempo, sentiu-se cansado e entregou a direção para a esposa. Estava chovendo e Iracema teve a infelicidade de deixar que o carro derrapasse e fosse precipitar-se num barranco. Ela dirigia sem o cinto de segurança e foi jogada para fora do carro. Sofreu uma violenta pancada e veio a falecer em virtude de uma hemorragia interna provocada pelo rompimento da veia aorta.

Seno Idio saiu do acidente com ferimentos não muito graves e pôde acompanhar, no dia seguinte, o enterro da esposa.

Telefones da Conceição estão quase prontos

A rede telefônica para o bairro caiense da Conceição já foi concluída, agora só falta ser efetuada a instalação dos aparelhos, o que deverá ocorrer nos próximos dias. A CRT não tem uma data prevista para a execução deste trabalho.

É certo, de qualquer forma, que os donos de telefone da Conceição, muito brevemente, poderão estar utilizando os aparelhos já adquiridos há quase 2 anos.

 




 

 

colunas e blogs

o Vale quer saber

O que vai acontecer com Lula?
Será preso
Voltará a ser presidente
Nenhuma das opções


Escritório Comercial S. S. do Caí:
Avenida Dr. Bruno Cassel, 179
Fone / Fax: (51) 3635-1900

Escritório Comercial Montenegro:
Rua Oswaldo Aranha, Via Verde, 1467
Fone / Fax: (51) 3632-9680

Administração:
Rua Fato Novo, Nº 11
Fone / Fax: (51) 3635-1428

Contato
Todos os Direitos Reservados | Jornal Fato Novo | Vale do Caí | RS | Por Nigma Agência Digital