OFERECIMENTO:
Segunda-Feira, 10 de Março de 2014 - Hora:13:36

Edição n° 82, de 8 de março a 15 de março de 1984

Resumo de notícias de 30 anos atrás

O carnaval deste ano foi certamente o maior de que já se teve notícia.
Com Rei Momo e Rainha, um grande carnaval no Caí

O carnaval deste ano foi certamente o maior de que já se teve notícia. As quatros noites de carnaval foram vividas intensamente com todos os bailes rompendo a manhã do dia seguinte.

No desfile de abertura no Clube Aliança, os blocos "Os Acorrentados", " Os casais", "Escravos do Luar", e ainda a Escola de Samba América fizeram a festa.

Nem a chuva conseguiu estragar o desfile de rua na sexta-feira. No desfile, não faltou, a beleza, a ginga e a malícia das passistas. E depois, houve ainda o Baile de Carnval Municipal no Parque Centenário. O maior já realizado na cidade.

Neis Reis morre na prisão com 19 punhaladas

Um desentendimento com Manecão, antigo companheiro de quadrilha, foi a causa do assassinato.

Ele morreu dentro da cela que dividia com outros 18 prisioneiros na penitenciária de Charqueadas. Seus assassinos agiram a mando de Manecão, um dos chefes da quadrilha na qual Nei Reis fazia parte.

Nei, que viveu no Caí, encerra assim, aos 24 anos, uma carreira de crimes que inclui 70 assaltos.

Uma brincadeira de mau gosto

Um desconhecido telefonou para a casa do casal Valdir e Lady Delagustini dizendo que o filho Marco fora sequestrado e exigindo cinco milhões de resgate. O dinheiro chegou a ser preparado para os sequestradores. Depois se soube que tudo não passava de um trote.

Revoltada a família procurou a polícia com a intenção de acionar a CRT para tentar descobrir a origem do telefonema.

Doutor Betz morre aos 89 anos

Faleceu no último sábado no Hospital Conceição, em Porto Alegre, o Dr. Betz, médico que por mais de 30 anos exerceu a medicina em São Sebastião do Caí.

Carlos Betz nasceu em Frankfurt na Alemanha em 1894 onde fez seus estudos de medicina. Portador de uma enfermidade adquirida durante a 1ª Guerra Mundial, Betz foi aconselhado pelos médicos a emigrar para um país da América do Sul, onde encontraria um clima mais propício a sua cura.

Em meados da década de 40, Dr. Betz chegou ao Caí para trabalhar na farmácia de Carlito Trein, pai de Roberto Trein. Com o fim da 2ª Guerra Mundial, pode voltar a exercer a medicina, já que foi proibido por ser natural da Alemanha, país em conflito com o Brasil.

Foi médico da Brigada Militar, da Oderich e da Arrozeira em Capela de Santana.

 

 

colunas e blogs

o Vale quer saber

Não há enquetes disponíveis para votação no momento


Escritório Comercial S. S. do Caí:
Avenida Dr. Bruno Cassel, 179
Fone / Fax: (51) 3635-1900

Escritório Comercial Montenegro:
Rua Oswaldo Aranha, Via Verde, 1467
Fone / Fax: (51) 3632-9680

Administração:
Rua Fato Novo, Nº 11
Fone / Fax: (51) 3635-1428

Contato
Todos os Direitos Reservados | Jornal Fato Novo | Vale do Caí | RS | Por Nigma Agência Digital