OFERECIMENTO:
Segunda-Feira, 31 de Março de 2014 - Hora:13:44

Edição n° 85, de 29 de março a 5 de abril de 1984

Resumo de notícias de 30 anos atrás

Mauro Coelho
O Adeus a Mauro Coelho

Morreu subitamente o maior futebolista caiense de todos os tempos. Mauro Coelho contava a idade de 47 anos quando de maneira inesperada sofreu um enfarte agudo do miocárdio.

A morte ocorreu por volta das onze horas e quarenta e cinco minutos da manhã de domingo. Havia acabado de jogar uma partida pelo time de veteranos do Cachoeira, de Portão e encontrava-se no banheiro. Tomou um banho frio, pois acreditava que isto lhe faria bem, uma vez que estava gripado. Caiu quando estava no banho e, mesmo sendo prontamente atendido pelos companheiros e levado ao hospital de Portão, morreu antes de chegar até às mãos dos médicos.

Nascido e criado no bairro Navegantes, Mauro desponto cedo no futebol e não tardou que o seu taleto com a bola o levasse para Porto Alegre. Ficou famoso com o apelido de Barrilzinho de Pólvora. Jogou no Renner e Cruzeiro (Porto Alegre), Internacional, América (Rio de Janeiro) e nas principais equipes de Santa Catarina. Foi duas vezes campeão catarinense.

Participou de um feito raro quando era juvenil do Renner. Foi campeão gaúcho. A única conquista do gauchão por um clube que não o Grêmio ou Internacional. Fez história também nos clubes da região.

Casado com Dona Ozaide Tereza Flores, teve três filhos, Mauro Roberto, Paulo Sérgio (Piava) e Rosângela, aos quais transmitiu o amor pelo esporte. Os dois filhos homens seguem também a carreira de jogadores profissionais de futebol.

Capela já tem sua agência bancária

Os moradores da Capela passaram a contar a partir da última quinta-feira, com um posto de atendimento do Unibanco.

Todas as quintas-feiras, um gerente e dois funcionários, estarão fazendo o atendimento das 10 às 12 horas, ao lado da sub-prefeitura. Na parte da tarde, das 13 às 15 horas, na Estação Azevedo, na Figueira, no antigo armazém do Nelson.

Pedágio em estradas municipais de Bom Princípio

Bom Princípio cobrará pedágio nas estradas municipais que são utilizadas pelos camioneiros que desviam da balança. O prefeito Hilários Junges tomou esta decisão em virtude dos grandes danos que os caminhões pesados causam nas estradas. Tanto a estrada do Bom Fim como a do Morro Tico Tico são usadas pelos motoristas que não querem passar pelo controle da balança. O equipamento existe para evitar que os caminhões trafeguem com excesso de peso e com isto danifiquem a estrada.

O dinheiro arrecadado com o pedágio, será utilizado para conservar estas estradas em boas condições.

Fato Novo de casa nova

Na noite de sexta-feira passada, dia 23 de março, o Fato Novo deu mais um passo no sentido de tornar-se uma empresa bem estruturada e capaz de prestar serviços sempre melhores. Nesta data, o jornal inaugurava o seu escritório próprio onde passou a funcionar a sede deste semanário.

O novo escritório está instalado quase na esquina da Andrade Neves com a Coronel Guimarães, na entrada principal do Caí.




 




colunas e blogs

o Vale quer saber

Não há enquetes disponíveis para votação no momento


Escritório Comercial S. S. do Caí:
Avenida Dr. Bruno Cassel, 179
Fone / Fax: (51) 3635-1900

Escritório Comercial Montenegro:
Rua Oswaldo Aranha, Via Verde, 1467
Fone / Fax: (51) 3632-9680

Administração:
Rua Fato Novo, Nº 11
Fone / Fax: (51) 3635-1428

Contato
Todos os Direitos Reservados | Jornal Fato Novo | Vale do Caí | RS | Por Nigma Agência Digital