OFERECIMENTO:
Segunda-Feira, 23 de Novembro de 2015 - Hora:10:31

Edição nº 171 de 21 a 27 de novembro de 1985

Resumo de notícias de 30 anos atrás

Ninguém vai passar fome em Montenegro

Wilibaldo Westhauser reside em Montenegro e tem uma movimentada casa comercial, a Casa da Banha, na Ramiro Barcelos. Mas, entanto, nunca esqueceu daqueles que sofrem o drama da miséria e fome. Desde 1963 ele vinha levando uma criança pobre para a sua casa no Natal, proporcionando-lhe uma refeição especial. Em 1980 ele resolveu ampliar o beneficio oferecendo uma refeição para muitas pessoas pobre. De então para cá, em todos os anos um número cada vez maior de pessoas tem acorrido esta grande ceia de Natal. Em 1984 ela teve de ser servida num campo de futebol, pois foi servida comida para 5.200 pessoas. Este número da uma idéia de quanto existe gente carente em Montenegro.

Com a construção do Polo Petroquímico, uma enorme quantidade de família acorreu em Montenegro pensando em trabalhar nas grandes obrar que lá se realizavam. Muitos nem conseguiram emprego e mesmo os que conseguiram acabaram desempregados quando as obrar terminaram.

Wilibaldo não era o único que se preocupava com a situação destas pessoas que sofriam a dor da miséria. No início deste ano ele encontrou-se casualmente com o seu Hélio Alves de Oliveira. Seu Hélio é uma pessoa muito conhecida. Já foi duas vezes prefeito de Montenegro e uma vez deputado. Quando era prefeito, ele promovia o sopão dos pobres. Hoje, ele e Wilibaldo fundaram uma entidade chamada Fundo Beneficente (FUBAM).

Foram recrutados sócios contribuientes que doam à entidade Cr$ 10.000 por mês e atualmente já são 522 sócios. Com os recursos assim arrecadados, já está sendo possível servir alimentos a 160 pessoas, 4 vezes por semana. O número de 160 ainda não é suficiente, seria necessário atender pelo menos 400 pessoas.


Dezesseis pessoas residem na Usina Velha ela está caindo

Existe um grupo de pessoas que vivem na velha usina abandonada, que está em ruínas com o telhado já, em parte, desabado.

Ali, correndo permanente risco, vivem 16 pessoas. Essas pessoas não têm recebido nenhuma espécie de assistência social.

Alguns deles nunca ouviram falar da FUBAM e também não tinham conhecimento de que em Montenegro havia distribuição de comida aos pobres. Isso significa que o número de miseráveis na cidade é bem maios, e a FUBAM atende apenas uma pequena parcela desta população.

A pobreza não é bonita de se ver, mas olhar um pouco aos mais pobres também pode trazer algum ensinamento e ajudá-los, além de ser um dever humanitário, é uma obrigação de todos que levam uma vida melhor.


Escola ensinam técnicas agrícolas

A EMATER de Bom Princípio está realizando um excelente trabalho junto as escolas do interior do Município. Trata-se de um projeto que incentiva o aluno para a agricultura.

Os próprios estudantes fazem hortas, cultivando nelas alho, alface, milho, verduras e demais produtos. Com esta idéia está se conscientizando a importância do cultivo para o próprio consumo.


Falta água nas casas de Feliz

No estado inteiro está havendo um problema de falta de água em virtude da prolongada seca. O problema já afeta o abastecimento de água em muitas cidades e uma das mais atingidas na nossa região é Feliz.

Em Escadinhas, uma das partes mais alta da cidade, há praticamente duas semanas não recebem água da CORSAN.

Para resolver o problema imediato da população a CORSAN e a Prefeitura estão trabalHAndo juntas e, além de pedir a colaboração do povo no sentido de poupar água, estão tomando outras providencias. Serão ativados e ligados à rede pública da cidade alguns poços particulares pertencentes à Lacesa e Amândio Andres.

 



colunas e blogs

o Vale quer saber

O que vai acontecer com Lula?
Voltará a ser presidente
Será preso
Nenhuma das opções


Escritório Comercial S. S. do Caí:
Avenida Dr. Bruno Cassel, 179
Fone / Fax: (51) 3635-1900

Escritório Comercial Montenegro:
Rua Oswaldo Aranha, Via Verde, 1467
Fone / Fax: (51) 3632-9680

Administração:
Rua Fato Novo, Nº 11
Fone / Fax: (51) 3635-1428

Contato
Todos os Direitos Reservados | Jornal Fato Novo | Vale do Caí | RS | Por Nigma Agência Digital