OFERECIMENTO:
Quinta-Feira, 21 de Janeiro de 2016 - Hora:16:03

Edição nº 180 de 23 a 29 de janeiro de 1986

Resumo de notícias de 30 anos atrás

Esportivo São Luiz é o campeão principiense 1985-86

O time que manteve maior regularidade durante o campeonato e que, inclusive, manteve-se invicto em todas as partidas que disputou, sagrou-se na tarde de ontem, perante um público de mais de três mil pessoas, o campeão principiense de 1985-86.

O campo do veteranos, em condições precárias, nunca tinha visto um público tão grande. O Guarani de São Benedito e o São Luiz de Tupandi trouxeram grandes e vibrantes torcidas.

O jogo terminou com 1 a 0 para o São Luiz. O único gol da partida aconteceu apenas aos 30 minutos do segundo tempo, quando Gerson marcou para o São Luiz aproveitando o lançamente de Ronei.

O São Luiz levou, pela primeira vez, o título de campeão principiense para Tupandi, usando para isto um bom time composto apenas de jogadores da região. Na escalação estavam: Jorge; Nina, Márcio, Mano e Nestor; Dirceu, Paulinho e Gerson; Serginho, Caim e Ronei. O Guarani contou comRomeu; Zé, Vilamar, Ademar e Felipe; Paulo, Celmo e Pítia; Décio, Cleomar e Ricardo.


Escolas montenegrinas vão fazer sua estréia no carnaval do Caí

As coisas não estão completamente definidas, mas a prefeitura do Caí, está decidida a proporcionar ao público da região um grande espetáculo na noite de carnaval.

Na sexta-feira, dia 07 de fevereiro, deverão desfilar, pela Marechal Deodoro, grandes escolas de samba, num magnífico carnaval de rua, como já vem acontecendo.

No ano passado o público vibrou com a apresentação de duas escolas montenegrinas: a Floresta e a Indepente. Também deslumbraram, com a apresentação da escola local, o Américo. O mesmo deve acontecer no próximo mês. E após 4 horas de desfile, o rei Pé, conduzirá os fuliões para o famoso Baile de Carnaval.


Mais um principiense entra para a vida sacerdotal

Mais um padre surgiu na paróquia de Bom Princípio. Trata-se do jovem Aloísio Jorge Steffen, de 27 anos, natural de Santa Lúcia, que foi ordenado sacerdote no último sábado.

Ele fez seus estudos em escolas normais até a idade de 18 anos, quando finalmente decidiu-se ingressar num seminário. Na época já tinha se formado no segundo grau com curso técnico de secretariado.

O padre Aloísio, que é filho dos agricultores Inácio Henrique e Guilhermina Anita Steffen, irá exercer sua atividade como sacerdote na paróquia de Estrela, como vigário auxiliar do padre Werner Rauber.


Hospital do Caí deve ter Raio X

Há um ano e meio, o Hospital Sagrada Família, do Caí, está com seu equipamento de Raio X estragado, sem condições de ser utilizado.

O hospital estava aguardando a liberação de um dinheiro. Dessa forma, as providências para o conserto do Raio X já foram tomadas.

O aparelho está sendo consertado no próprio hispital, por técnicos de Caxias do Sul. Até o final do mês, teremos de volta o funcionamento do aparelho.

 

 

 

colunas e blogs

o Vale quer saber

Após a delação premiada, os diretores da JBS devem:
Ser presos
Ficar livres


Escritório Comercial S. S. do Caí:
Avenida Dr. Bruno Cassel, 179
Fone / Fax: (51) 3635-1900

Escritório Comercial Montenegro:
Rua Oswaldo Aranha, Via Verde, 1467
Fone / Fax: (51) 3632-9680

Administração:
Rua Fato Novo, Nº 11
Fone / Fax: (51) 3635-1428

Contato
Todos os Direitos Reservados | Jornal Fato Novo | Vale do Caí | RS | Por Nigma Agência Digital