OFERECIMENTO:
Quinta-Feira, 01 de Setembro de 2016 - Hora:10:30

Edição nº 211, de 28 de agosto a 03 de setembro de 1986

Resumo de notícias de 30 anos atrás

Polêmica na mudança da Rodoviária de Feliz

Feliz é uma cidade pequena, cortada por um rio, o Caí, que a reparte em duas partes: o centro e o bairro Matiel. Para ligar estes dois setores da cidade, existe apenas uma velha ponte de ferro, verdadeira relíquia importada da Bélgica no início do século XX. A ponte permite apenas uma via de tráfego. Por isso, a prefeitura da Feliz decidiu que deveria providenciar a construção de uma nova ponte mais larga e resistente.

Segundo informa o prefeito, Paulo Caye, esta obra deverá ser construída ainda na atual administração e iniciada já em 1987.
Cogitou-se inicialmente a construção, da mesma, no ponto em que se situa o supermercado da Cooperativa COAPEL, algumas dezenas de metros acima do local onde existe a ponte de ferro. Porém, segundo afirma Caye, estudos técnicos realizados determinaram que a ponte naquele local implicaria um represamento nas ocasiões de enchente, que resultariam num aumento de até um metro nas várzeas do rio. Outros lugares foram estudados, e chegou-se à conclusão de que o local ideal para a conclusão seria o mesmo no qual se encontra a velha ponte. Para que esta não seja destruída, a nova construção de concreto seria feita ao lado da original, apenas alguns metros rio acima, Isto implicaria entretanto, na necessária demolição do prédio no qual está instalada atualmente a rodoviária da cidade. Este prédio que marcou durante décadas o verdadeiro coração da cidade, tem também o seu valor histórico e sentimental para os felizenses, mas entende a prefeitura, baseada no parecer técnico, que não há outro remédio senão desapropiá-lo e demoli-lo para que ali se construa a nova ponte.

Existe já desde 1976 uma área desapropriada, um quarteirão inteiro ao lado da Sociedade, para a finalidade que ali se construa uma nova rodoviária, uma vez que a atual, pela sua localização, dificulta bastante o fluxo de ônibus. Para que o prejeto saia do papel, foi fixado, pelo DAER, o prazo de seis meses para o início das obras e dois anos para a sua conclusão.


Morre a montenegrina mais velha aos cento e dois anos
Uma montenegrina chegou a completar 102 anos, um mês e dois dias e segundo a sua família, ela teria tido uma vida de muito trabalho e jamais se entregou mesmo quando já não tinha mais forças para se movimentar. Pois Dona Elvira Haubert, que nasceu no Faxinal em 20 de julho de 1884, era a pessoa mais idosa de Montenegro. Mas na última sexta-feira, depois de já estar há dois meses muito doente e sem forças, Dana Elvira teve uma insuficiência cardíaca e faleceu na casa da filha Olga. Além de Olga, ela teve ainda mais cinco filhos, Lina, Pedro e Bruno, que estão vivos, e mais Albino e Válter que já faleceram. Além disso para completar as gerações ela teve nove netos, oito bisnetos e três tataranetos. 

Em outubro, o Som Livre, em São Sebastião do Caí

Já estão abertas as incrições para o Festival Som Livre, a mais importante promoção cultural do Caí, que este ano vai para sua quinta realização. Trata-se de uma festa popular que todos os anos desperta grande interesse do público atraindo centenas de espectadores. No festival podem concorrer candidatos a interpretação (cantores ou conjunto), sendo que nestes seus primeiros quatro anos de realização o Som Livre tem revelado verdadeiros talentos que não se suspeitava existir no Caí e município vizinhos.

O festival é promovido pela Comunidade Evangélica do Caí, mas é na figura de Lúcia Oderich Moreira, diretora do jardim da infância desta mesma instituição que está centralizado a organização deste evento.

 

colunas e blogs

o Vale quer saber

Em caso de queda do presidente Temer, você gostaria de:
Eleição Indireta
Eleição Direta


Escritório Comercial S. S. do Caí:
Avenida Dr. Bruno Cassel, 179
Fone / Fax: (51) 3635-1900

Escritório Comercial Montenegro:
Rua Oswaldo Aranha, Via Verde, 1467
Fone / Fax: (51) 3632-9680

Administração:
Rua Fato Novo, Nº 11
Fone / Fax: (51) 3635-1428

Contato
Todos os Direitos Reservados | Jornal Fato Novo | Vale do Caí | RS | Por Nigma Agência Digital