OFERECIMENTO:
Montenegro - Terça-Feira, 16 de Abril de 2013 - Hora:16:40

Escola Esperança será ampliada e deve ser a primeira com turno integral

Após polêmica, projeto original foi mantido pela atual administração e obra deve iniciar nos próximos dias

Ampliação do prédio agrada pais e professores
Em reunião na noite da última sexta-feira, dia 12, o prefeito Paulo Azeredo confirmou que a Escola Municipal de Ensino Fundamental Esperança, no bairro Senai, será ampliada de acordo com o projeto original. Conforme o vereador Dorivaldo da Silva, o “Dorinho”, que mora no bairro, a comunidade comemorou a boa notícia. “Era o que todos estavam esperando”, garante.

Devem ser construídas quatro novas salas e conjunto de banheiros, num investimento de R$ 260 mil, sendo 150 mil reais do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e R$ 110 mil de contrapartida do município. Os recursos do Governo Federal já estavam depositados desde a metade do ano passado, mas faltava a aprovação do projeto e a licitação. Só em novembro foi definida a empresa que faria a obra, a Construtora CS, do Caí, que em breve deve iniciar os trabalhos. “Estávamos apreensivos e recebemos a notícia com alegria”, comemorou a diretora da escola Janete Lencina, que leciona no colégio há 24 anos e faz quinze anos que está na direção.

A reunião teve a presença de cerca de quarenta pessoas, entre pais, professores e autoridades, entre as quais o prefeito, o vice-prefeito e secretário de educação Luiz Américo Aldana, chefe de gabinete Clóvis Domingues, vereadores Dorinho, Ari Müller e Roberto Braatz, e comunidade. A ampliação poderá viabilizar a instalação oficial do turno integral a partir de maio, uma das propostas de campanha de Azeredo.

Janete diz que já faz quinze anos que a Escola Esperança desenvolve atividades em turno integral, como musicalização, esportes, aulas de dança e academia no contraturno. Mas dos 166 do ensino fundamental, apenas 66 estão no turno integral (manhã e tarde), sendo que somente quinze ficam direto na escola, inclusive no horário de almoço. O prefeito quer que todos possam ficar integralmente, sento atendidos oito horas, desde o início da manhã até o final da tarde. “Isso dará segurança para os pais poderem trabalhar, mas quando puderem os alunos poderão almoçar com os pais”, diz o prefeito, que pretende inaugurar a escola em tempo integral no feriado de primeiro de maio. E ainda no início da próximo mês Azeredo também quer iniciar uma creche noturna, que poderá funcionar na própria Escola Esperança ou através de convênio na Creche trilhos, ambas do bairro Senai.

Reabertura do ginásio

Para a escola em tempo integral será também importante o aproveitamento do ginásio da Vila Esperança. Situado em frente ao colégio, o chamado ginásio do PPV (Programa de Prevenção da Violência) foi inaugurado pelo Governo do Estado em 2010, mas praticamente não foi aproveitado pela comunidade. Alvo de atos de vandalismo, teve furtadas e quebradas torneiras, lâmpadas e portas. O que era para ser um local de aprendizado virou ponto de consumo de drogas e prostituição.

Neste ano a Prefeitura fechou com paredes laterais, impedindo que entrassem por buracos na tela. Mas o ginásio ainda não está sendo utilizado. Conforme o prefeito Paulo Azeredo, deve ser aberta uma porta lateral, integrando o ginásio ao colégio e a comunidade. "Vamos abrir o ginásio, que deverá ser administrado pela escola e a associação comunitária do bairro", diz.
OFERECIMENTO:

colunas e blogs

o Vale quer saber

Qual sua avaliação do governo de Tarso Genro?
Bom
Regular
Péssimo
Ótimo


Administração:
Rua Fato Novo, Nº 11
Fone / Fax: (51) 3635-1428

Escritório Comercial S. S. do Caí:
RS 122, Km 14, Nº 179 (antigo traçado)
Fone / Fax: (51) 3635-1900

Escritório Comercial Montenegro:
Rua Ramiro Barcelos, Nº 1415
Fone / Fax: (51) 3632-9680

Gráfica:
RS 122, Km 14, Nº 179 (antigo traçado)
Fone / Fax: (51) 3635-3447
Contato
Todos os Direitos Reservados | Jornal Fato Novo | Vale do Caí | RS | Por Nigma Agência Digital