OFERECIMENTO:
Sexta-Feira, 31 de Janeiro de 2014 - Hora:14:32

Ilha da Madeira

um paraíso em Portugal

A Ponta de São Lourenço, na ilha da Madeira, é uma reserva natural com vistas panorâmicas do Oceano Atlântico

Que tal um passeio pela ilha do vinho e do bordado? Que tal desfrutar de lugares centenários com todo o conforto oferecido pela modernidade?

Assim é na Ilha da Madeira, um dos maiores pontos turísticos de Portugal. O lugar começou a ser povoado pelos idos de 1432 – por isso guarda tanta história; sua paisagem exuberante constitui um dos seus maiores atrativos. A economia da ilha gira em torno do turismo, artesanato, flores, frutos tropicais e, claro, o seu renomado vinho. No quesito artesanato, o bordado é famosíssimo e tido como item de luxo e requinte.

Banhada pelo Oceano Atlântico, a ilha convida a velejar e a praticar o sky, surf e mergulho, sendo que a temperatura da água do mar varia de 18 a 24 graus, dependendo a época do ano. Os golfinhos que andam por aqueles mares constituem uma atração à parte.

E falando um pouco dos hotéis, o atendimento é sempre personalizado e o requinte faz parte do jeito de ser madeirense. O visitante pode optar por hotéis moderníssimos, pelas centenárias “Quintas da Madeira” ou pelo Turismo Rural.

A ilha compreende seis cidades, Funchal, Porto Santo, Machico, Câmara de Lobos, Santa Cruz e Santana; Funchal é a capital, situada na costa sul também é a mais populosa com cerca de 120 mil habitantes; ali se encontram os melhores hotéis, os quartos são luxuosos e com vista para o mar e a serra. A cidade está recheada de monumentos, praças e ruas históricas; tem ainda jardins encantadores, vilas pitorescas, grutas vulcânicas impressionantes e uma charmosa orla costeira com praias naturais e vistas magníficas.

Os mais românticos podem optar pelas quintas, verdadeiros palácios rodeados de árvores centenárias e pequenos riachos entre jardins, tudo digno da mais alta nobreza europeia. Por estes lugares passaram Winston Churchill, os imperadores Franz e Sissi da Áustria, entre outros nobres. E estando em Funchal, imperdível é uma visita ao “Laurissilva”, um parque natural que ocupa 2/3 da ilha e é considerado patrimônio Natural Mundial pela UNESCO.

Continuando nossa viagem, é tempo de conhecer outros lugares do arquipélago. Vai ser preciso pegar um barco e percorrer a distância de quarenta quilômetros que separa a Ilha da Madeira e a Ilha de Porto Santo, considerada um paraíso por aqueles que lá passaram.

As areias são douradas e contrastam com o azul-turquesa do mar. Além dos irresistíveis mergulhos, tem campos de golfe, hipismo, jeep-safari, passeios de charrete e ainda a casa onde viveu Cristóvão Colombo.

Também conhecida como Ilha Dourada, Porto Santo ganha cada vez mais adeptos por causa das propriedades terapêuticas de suas areias, resultantes do desmantelamento de um enorme recife de coral ocorrido há mais de 30 mil anos, localizado numa das plataformas da ilha. Segundo pesquisadores, trata-se de um areia fina que possui elementos químicos benéficos para a saúde.

Para quem gosta de mar, a prática de snorkeling, mergulho, vela, windsurf, surf e pesca esportiva são algumas das opções. Imperdível também é um passeio ao longo da costa, a bordo de uma das inúmeras embarcações disponíveis, que pode ser um catamarã ou um barco à vela. O passeio é acompanhado de golfinhos, baleias e focas que vivem no mar da ilha.

A Ponta de São Lourenço, uma reserva natural com vistas panorâmicas do Oceano Atlântico e de espetaculares formações rochosas, é uma paisagem única muito diferente do resto da ilha. Se você for passear a pé poderá encontrar uma variedade de plantas diferentes como a erva gelada, o cardo, a maçacota, a perpétua de São Lourenço, o murrião e muitas outras. Descendo a encosta tem uma praia isolada chamada Prainha, que é a única praia de areia preta natural da ilha. Muito procurada é ótima para banhos de mar.

Novamente, dê uma paradinha para prestar atenção à gastronomia do lugar. Os pratos típicos, além do bife de atum com molho vilhão, são o peixe espada com banana frita, milho cozido ou frito, bolo do caco com manteiga de alho e bolo de mel.

A Ilha da Madeira também é cultura e lazer. Toda a história da ilha pode ser vista no “Madeira Story Center” e nas “Grutas de São Vicente – Pavilhão de Vulcanologia”. Tem ainda o Centro de Ciência Viva do Porto Moniz, o Aquário da Madeira e o Parque Temático de Santana. Especialmente para as crianças foi criado o Madeira Magic.

O arquipélago inclui ainda pequenas ilhas desabitadas, entre elas, as Ilhas Desertas, que constituem uma Reserva Biogenética desde 1992, status conferido pelo Conselho da Europa devido à presença no local de mamíferos marinhos únicos; é o último reduto da foca monge, a foca mais rara do mundo. Priorizando a preservação ambiental da ilha, naquele local é proibida a pesca submarina e navegação na parte sul.

Como se vê, o paraíso existe e fica à uma hora e meia do chamado Portugal Continental.

colunas e blogs

o Vale quer saber

O que vai acontecer com Lula?
Será preso
Voltará a ser presidente
Nenhuma das opções


Escritório Comercial S. S. do Caí:
Avenida Dr. Bruno Cassel, 179
Fone / Fax: (51) 3635-1900

Escritório Comercial Montenegro:
Rua Oswaldo Aranha, Via Verde, 1467
Fone / Fax: (51) 3632-9680

Administração:
Rua Fato Novo, Nº 11
Fone / Fax: (51) 3635-1428

Contato
Todos os Direitos Reservados | Jornal Fato Novo | Vale do Caí | RS | Por Nigma Agência Digital