OFERECIMENTO:
Terça-Feira, 03 de Junho de 2014 - Hora:10:37

Innsbruck

Um pedacinho da Europa que vale conhecer

O Rio Inn é um afluente do Reno e corta a cidade de Innsbruck, a qual tem esse nome justamente por causa do rio

Innsbruck é a capital do Estado do Tirol; tem esse nome por causa do Rio Inn que atravessa a cidade; na língua alemã “Brücke” singnifica “Ponte”, assim pode-se dizer que a cidade chama-se “ponte sobre o Rio Inn”. Ela fica na Áustria, no caminho entre a Itália, Alemanha e a Suíça e é um importante centro de esportes de inverno, tanto que em duas oportunidades foi sede das Olimpíadas de Inverno.

Por sua posição estratégica, tornou-se importante entroncamento rodoviário e ferroviário, passagem obrigatória para quem transita pela Europa. Localizada no Vale do Inn, como vários vilarejos dos Alpes, está destinada aos esquiadores, no inverno, e aos alpinistas, no verão.

Como não poderia deixar de ser, o lugar é maravilhoso, mas o que difere em Innsbruck é que a cidade é considerada a única metrópole dos Alpes. Ela é a capital política do Estado do Tirol, um território formado exclusivamente por montanhas, o que dificulta as construções, daí o grande número de vilarejos naquela região.

Desde os tempos antigos, o Vale do Inn atraiu a atenção principalmente por causa de suas belezas naturais, reis e rainhas construíram seus castelos, os quais hoje se tornaram atrações turísticas. O resultado de tantos anos de história é que indústrias e comerciantes se instalaram por lá e a economia cresceu, oferecendo os mesmos atrativos de outras capitais europeias com uma vantagem, tem a sensacional paisagem alpina.  

Sem dúvida, Innsbruck oferece excelente estrutura para receber seus visitantes, geralmente delegações de esportistas interessadas em aproveitar as seiscentas montanhas, que tanto servem para esquiar como para escalar. Assim, o movimento de turistas é o ano inteiro, aquecendo a economia e a vida da cidade.

Mas, se você não esquia e nem escala, não se preocupe porque atrações é que não faltam. Além da cidade, os vilarejos em volta oferecem atração à parte, com suas paisagens, cultura peculiar e cozinha com receitas sem iguais.

O visitante logo que chega é brindado com uma vestimenta típica do lugar, a “Lederhose”, um tipo de calças curtas de couro com suspensórios e na cabeça, chapéus enfeitados com penachos, usados por homens sérios e de barba na cara. Os moradores são bem patriotas e fazem questão de preservar a sua cultura, daí a vestimenta no dia a dia.

Imperdível é conhecer o acervo de pinturas clássicas do Castelo de Ambras e um passeio pelo centro de Innsbruck, sem pressa a fim de não perder nenhum detalhe. Apesar de estreitas ruelas, as praças são majestosas e um dos principais detalhes é o “Goldenes Dachl”, ou “Telhadinho de Ouro”, uma espécie de sacada em estilo gótico coberta por mais de duas mil placas de cobre douradas; foi construía pelo Imperador Maximiliano I, nos idos do Século XV, a fim de abrigar a sua corte durante a realização de festas ou para saudarem as tropas que partiam rumo às guerras na Europa.

E falando no imperador, em honra a Maximiliano foi construído um impressionante monumento fúnebre, o “Homens Pretos”, uma série de esculturas gigantescas em bronze que reproduzem o imperador e outros 28 cidadãos da nobreza austríaca. Este mausoléu fica em Hofkirche, a igreja do Palácio Imperial de Hofburg e que atrai milhares de visitantes durante todo o ano.

Tem ainda a Torre da Cidade, símbolo da grandeza de Innsbruck e a Ottoburg, uma antiga torre que foi transformada em taverna.

Estando em Ottoburg, não deixe de experimentar a aguardente produzida pelos tiroleses e muito menos de comer a “Tiroler Bauernschaum”, um prato à base de carne de porco, salsichas, chucrutes, toucinho, batata e cebola. Lembrando que o mais popular meio de transporte por lá são as bicicletas, você não terá problemas com as calorias extras adquiridas com esta e outras guloseimas.

E mais, é ali que está a sede da Swarovsky, uma das mais famosas fábrica de cristais do mundo, por isso prepare-se para o Swarovsky Cristal World, uma loja que fica ao lado da fábrica. Além dos cristais e a cerveja inigualável, as lembrancinhas mais procuradas são as vaquinhas tirolesas.

A cidade oferece opções de acomodações para todos os bolsos, mas quem já foi avisa que é preciso ter um pouquinho de cuidado com a alimentação que poder ser “pesada” para alguns.

Inssbruck fica pertinho de Salzburgo, a cidade onde viveu Mozart por isso vale a pena pegar o trem e dar uma escapadinha para conferir as belezas de lá bem de perto.

Programe as suas férias; no final do ano a região ganha contornos especiais por causa da neve e dos enfeites de Natal. Inigualáveis.

colunas e blogs

o Vale quer saber

Não há enquetes disponíveis para votação no momento


Escritório Comercial S. S. do Caí:
Avenida Dr. Bruno Cassel, 179
Fone / Fax: (51) 3635-1900

Escritório Comercial Montenegro:
Rua Oswaldo Aranha, Via Verde, 1467
Fone / Fax: (51) 3632-9680

Administração:
Rua Fato Novo, Nº 11
Fone / Fax: (51) 3635-1428

Contato
Todos os Direitos Reservados | Jornal Fato Novo | Vale do Caí | RS | Por Nigma Agência Digital