OFERECIMENTO:
Pelo Vale - Sexta-Feira, 05 de Julho de 2013 - Hora:21:08

Mais de mil pessoas participaram das assembleias da Consulta Popular

Quarta-feira os delegados definem, em reunião na UCS Vale do Caí, as demandas que serão votadas

Quarta-feira os delegados definem, em reunião na UCS Vale do Caí, as demandas que serão votadas

Falta pouco para as definições das demandas que irão para a cédula da Consulta Popular, que apontarás as demandas das comunidades de 2013. Os eleitores poderão decidir onde deve ser investida uma parte do Orçamento do Estado em 2014.

Neste ano ocorreram assembléias em todos os municípios do Vale do Caí. Depois da realização da Audiência Pública Regional em Pareci Novo, onde, com a presença de quase 300 pessoas foram definidas as 10 áreas prioritárias de investimento para o Vale do Caí, ocorreram as Assembleias Públicas Municipais.

Nestas, além da prestação de contas da Consulta Popular do ano passado, foram escolhidas demandas para discussão e inclusão no fechamento da matriz orçamentária do Estado. Também foram eleitos delegados para o Fórum Regional da Participação Popular e Cidadã que ocorre em julho.


Definição

O quadro completo de todas as demandas será objeto do trabalho dos delegados eleitos que se reúnem no Fórum Regional de Delegados da Participação Popular e Cidadã no dia 10 de julho, às 19 horas no Campus da UCS em São Sebastião do Caí. “Os delegados representam a comunidade e tem a tarefa de fazer a discussão das demandas e decidir como elas vão compor a cédula que será usada na Consulta Popular que, neste ano ocorre nos dias 6 e 7 de agosto”, explica Ricardo Kraemer.


Demandas

A etapa municipal de audiência públicas, realizada desde junho nos municípios do Vale do Caí, reuniu 1.115 pessoas e elegeu 35 delegados. As assembleias com maior participação foram Montenegro (240 participantes), Salvador do Sul (163 participantes) e Capela de Santana (116 participantes). “Foram apresentadas demandas para as dez áreas temáticas priorizadas na Audiência Pública Regional, das quais podemos destacar na área da saúde a compra de equipamentos para os Hospitais regionais de Feliz, São Sebastião do Caí, Bom Princípio, Salvador do Sul e Barão, na segurança a compra de viaturas e equipamentos para Brigada Militar e Policia Civil”, aponta Ricardo Kramer, Coordenador Regional da Participação Popular e Cidadã do Vale do Caí.

Também foram apresentadas demandas para a compra de mobiliário para UERGS, equipamentos para laboratório e sala de professores para as escolas estaduais, investimentos em Turismo, regularização fundiária e o combate às drogas. Na área do Desenvolvimento Econômico destacou-se a demanda por implantação de agroindústrias, frigopeixe, casa do mel e apoio a qualificação de serviços de inspeção municipal, assim como a continuidade da pesquisa na área de citros, floricultura e alimentos através do polo tecnológico em parceria com a UCS-Universidade de Caxias do Sul. Como demandas regionais foram mencionadas a necessidade construção de IML e Crematório Regionais, o vídeo-monitoramento, um pronto-atendimento regional 100% SUS, entre outras.

 

OFERECIMENTO:

colunas e blogs

o Vale quer saber

Não há enquetes disponíveis para votação no momento


Escritório Comercial S. S. do Caí:
Avenida Dr. Bruno Cassel, 179
Fone / Fax: (51) 3635-1900

Escritório Comercial Montenegro:
Rua Oswaldo Aranha, Via Verde, 1467
Fone / Fax: (51) 3632-9680

Administração:
Rua Fato Novo, Nº 11
Fone / Fax: (51) 3635-1428

Contato
Todos os Direitos Reservados | Jornal Fato Novo | Vale do Caí | RS | Por Nigma Agência Digital