OFERECIMENTO:
Salvador do Sul - Quarta-Feira, 28 de Junho de 2017 - Hora:08:00

Mesmo com derrota, Juventus é bicampeão

SUS, nos Veteranos, e Amizade, nos Aspirantes, também conquistaram taças

Juventus, no conjunto dos dois jogos finais, mereceu a conquista nos Titulares /Cathierine Hoffmann/Divulgação

Sobrou emoção, faltou público, nas decisões das três categorias do Campeonato Municipal de Futebol de Salvador do Sul.

As finais foram realizadas no ensolarado domingo, com confrontos em Campestre Baixo e Linha Comprida.

Na principal categoria, diante de sua fanática torcida, o Juventus parecia encaminhar a conquista do bicampeonato da categoria Titulares com muita tranquilidade. Já havia vencido o Amizade por 3 a 1 na partida de ida e, aproveitando falhas individuais do adversário, repetia o placar ao final da etapa inicial do confronto de volta, com gols de Jé, cobrando penalidade, Molon, que contou com falha do goleiro Pet, e Tiago (contra). Gilsinho descontou de cabeça, mas instantes antes desperdiçou um pênalti.

No segundo tempo, os donos da casa procuraram cozinhar o adversário, marcando forte e tentando explorar as saídas rápidas para o contra-ataque. A tática deu certo até os 38 minutos, quando o Amizade começou a ensaiar uma reação impressionante. Num intervalo de não mais que cinco minutos, os visitantes marcaram três vezes, através de Gilsinho, Giovane, num belo lance de voleio, e Israel, em arremate cruzado que surpreendeu o experiente goleiro Tita.

Caso o time da cidade tivesse marcado mais um, teria ficado com o caneco em virtude do critério do gol qualificado. Mas quem acabou fazendo mesmo a festa, depois do tremendo susto, foi o Juventus. O time de Linha Comprida também teve o goleador, Jé. O goleiro menos vazado foi Inácio, do Campestre Baixo.

Treinador por Lademir Stein, o Juventus contou com Tita; Maninho, Négo, Júlio (Xulin) e Vini (Diego); Schuh (Joel), Robson, Molon e Jé; Dieguinho (Gabriel) e Valdo (Eler). O vice-campeão Amizade, comandado por Guilherme Schmitz, teve Pet; Felipinho (Mimi), Marciano, Tiago (Branco) e Israel; Baltazar, Bruno, Willian (Royer) e Gilsinho; Guto e Laércio (Giovane).


Festa do Amizade na preliminar
Se na categoria principal o Amizade teve que se contentar com o segundo lugar, na disputa de Aspirantes o clube do Colégio Santo Inácio fez bonito. Apesar da derrota para o Fluminense, por 2 a 1, ficou com o título por ter vencido o confronto de ida por 1 a 0.

O clube de Linha São João, aliás, vendeu muito caro o resultado. Tentou impor um ritmo forte, mas acabou mais uma vez pecando nas conclusões – o que já havia ocorrido na partida anterior. No início da etapa complementar, o lateral esquerdo Junior, da intermediária, tentou cruzar, mas acabou surpreendendo o goleiro adversário.

O Fluminense não se abateu e seguiu pressionando. A virada veio com gols de Wellington e Douglas, deixando o final da partida muito quente. O Amizade contudo, conseguiu segurar a bronca. O clube teve ainda o goleador do certame, Daniel, e o goleiro menos vazado, Pet.


Empate saboroso para a SUS
O fato de não ter conseguido marcar gols no campo do adversário acabou sendo fatal para o Campestre Baixo. Na partida de volta, em seu complexo, o empate em 1 a 1 beneficiou a SUS, que, depois de muitos anos, voltou a celebrar uma conquista na categoria Veteranos.

Diferente do que havia acontecido no domingo anterior, o Campestre partiu para o ataque nos instantes iniciais, dando poucos espaços para o adversário. O gol do time mandante veio num arremate de Loivo, rasteiro, sem chances para o excelente goleiro Wilson Schmidt.

Nos 45 minutos finais, a SUS voltou determinada a reverter o panorama. A insistência do time da cidade foi premiada com o gol marcado por Schwab, aproveitando rebote de escanteio, dentro da área. Precisando da vitória, o Campestre tentou voltar a fazer pressão, mas ofereceu espaços generosos para os contragolpes do time da cidade, que ainda assim não conseguiu tirar proveito.

Os goleadores da categoria foram Márcio Flach, da SUS, e Valmir Junges, do Campestre. Laudir, do Campestre, ficou com o troféu de goleiro menos vazado.

OFERECIMENTO:

colunas e blogs

o Vale quer saber

O que vai acontecer com Lula?
Voltará a ser presidente
Será preso
Nenhuma das opções


Escritrio Comercial S. S. do Ca:
Avenida Dr. Bruno Cassel, 179
Fone / Fax: (51) 3635-1900

Escritrio Comercial Montenegro:
Rua Oswaldo Aranha, Via Verde, 1467
Fone / Fax: (51) 3632-9680

Administrao:
Rua Fato Novo, N 11
Fone / Fax: (51) 3635-1428

Contato
Todos os Direitos Reservados | Jornal Fato Novo | Vale do Ca | RS | Por Nigma Agncia Digital