OFERECIMENTO:
Sbado, 06 de Janeiro de 2018 - Hora:08:00

Ministro Osmar Terra anuncia recursos para a remoção de 65 famílias atingidas por enchentes

Verbas de R$ 10 milhões deve ser usada em habitações e para contenção de alagamentos

Ministro também anunciou 400 mil para o novo Hospital de Bom Princípio /Castor Becker Júnior/Prefeitura

O ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, deputado federal Osmar Terra, esteve em roteiro pelo Vale do Caí durante a última semana. Com forte ligação com a região, já que sua esposa é montenegrina, o ministro iniciou o roteiro justamente por Montenegro. Mas depois também esteve em Salvador do Sul, Caí, Bom Princípio e Feliz. E anunciou importantes recursos para a região, tanto na pavimentação de estradas como para a saúde, rede de água para escola e principalmente para reduzir o impacto das enchentes.

Em Montenegro, no final da tarde de terça-feira, Osmar Terra esteve acompanhado do secretário nacional de segurança alimentar e nutricional, Caio Rocha, e do assessor e ex-prefeito de Bom Princípio Nestor Seibel. Na ocasião, anunciou recursos para rede de água na Escola Municipal Jacob Haubert, da localidade de Sobrado, através do programa Cisternas nas escolas. Com isso, será proporcionado água de qualidade para atender as necessidades dos alunos e professores da zona rural. Conversando com o prefeito Kadu Müller, o ministro sugeriu ainda um programa piloto de qualificação profissional que poderia ser iniciado em Montenegro, numa parceria com a Prefeitura e indústrias. Lembrou ainda que foram empenhados 1 milhão e 500 mil reais para o trecho da Transcitrus no município e que até março devem ser garantidos mais RR 1,5 milhão. “Esta rodovia tem papel importante na economia da região. Vamos garantir os recursos para a sua conclusão”, disse.

Em seguida Osmar Terra se dirigiu a Câmara de Vereadores de Montenegro, onde esteve reunidos com prefeitos, vice-prefeitos e demais lideranças integrantes do projeto da Rodovia Transcitrus. Além de Montenegro, o ministro destacou que também foram garantidos 1 milhão de reais para São José do Sul, 1 milhão para Harmonia, R$ 1,2 milhão para Brochier, 1 milhão para Maratá e 800 mil reais para Westphalia. E o restante, para a conclusão do asfaltamento de todo o trecho, devem ser garantidos até março do próximo ano.


Remoção de famílias
Ainda em Montenegro e no dia seguinte em São Sebastião do Caí, Osmar Terra falou da destinação de uma verba de cerca de 10 milhões de reais para a contenção de cheias e para reduzir o impacto das enchentes na região. “Será para a drenagem de rios e arroios, remoção de famílias e construção de casas”, diz. “Vamos ver se em fevereiro ou março conseguimos liberar este recursos. Pode passar dos 10 milhões de reais”, completa.

Conforme o secretário municipal de gestão e planejamento de Montenegro, Rafael Riffel, foi elaborado um projeto no sentido de reduzir os alagamentos causados por arroios. “Foi encaminhado um plano de trabalho para o Ministério da Integração Nacional. Estamos aguardando a liberação de recursos”, diz Rafael, citando que isso vai reduzir também as enchentes.

No dia seguinte, quarta-feira, em São Sebastião do Caí, Osmar Terra esteve reunido com o prefeito em exercício Luiz Alberto Oliveira, secretário adjunto da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos, ex-prefeito caiense Darci Lauermann, demais prefeitos e lideranças. E novamente falou da destinação de uma verba que pode ultrapassar os 10 milhões visando reduzir o problema crônico das enchentes. Além disso, incluiu uma emenda garantindo 1 milhão de reais para o asfaltamento do acesso ao santuário de Nossa Senhora Aparecida do Sul, no bairro Conceição.

Sobre os recursos para a diminuição dos efeitos e transtornos das enchentes, no Caí a medida visa retirar cerca de 65 famílias das zonas ribeirinhas do rio Caí, principalmente as mais afetadas pelas cheias. De acordo com Pedrinho Griebler, coordenador da Defesa Civil do Caí, a Prefeitura já encaminhou um projeto ao Ministério da Integração Nacional, visando a remoção das famílias mais atingidas do bairro Navegantes. O local para onde elas seriam removidas ainda não está definido, pois a Prefeitura só deverá adquirir a área após os recursos do Governo Federal serem empenhados e liberados.

A verba anunciada por Osmar Terra seria para a construção das moradias, mas o município teria que adquirir a área e urbanizá-la com toda a infra-estrutura, o que também tem um custo considerável. Por isso ainda não se tem previsão de quando de fato isso irá ocorrer.


Recursos para o novo hospital
Ainda na quarta-feira o ministro Osmar Terra esteve na UPA e no novo hospital de Bom Princípio. Quando era secretário estadual de saúde e Nestor Seibel era o prefeito, eles foram os principais responsáveis pela instalação da UPA, que é a única da região e foi uma das primeiras do Estado, e também pelo início da construção do novo hospital. Na presença do prefeito Fábio Persch, secretários, vereadores e demais lideranças, anunciou que vai destinar uma emenda de 400 mil reais para o novo hospital, que está com obras de construção do bloco cirúrgico para que possa finalmente entrar em funcionamento. Terra disse que também vai interceder junto ao Ministério da Saúde para a liberação de 1 milhão e 200 mil reais que o governo federal tem em atrasos nos repasses de manutenção da UPA. E buscará outros recursos para que o hospital seja aberto o quanto antes.

Já durante a passagem no município de Feliz, onde foi recebido pelo prefeito Albano Kunrath e demais lideranças, Osmar Terra anunciou recursos que totalizam 1 milhão de reais. Os recursos são para a infraestrutura, além de 150 mil para o hospital e 130 mil para a aquisição de uma Van para a Apae.


Inauguração de quadra na Escola São Salvador
Durante sua passagem pela região, na quarta-feira, o ministro Osmar Terra também fez uma escala em Salvador do Sul, onde participou de almoço num restaurante no centro da cidade com prefeitos do Vale e também realizou a inauguração de uma obra. A pauta principal foi a Transcitrus, projeto no qual os salvadorenses buscam inclusão, visando, especialmente, a pavimentação da estrada que liga Salvador a Maratá.

O ministro agradeceu a receptividade das lideranças de toda região e destacou seu empenho na busca da liberação das verbas para dar andamento ao projeto de pavimentação nas estradas na área rural. “Quando assumi, busquei com os prefeitos as demandas que julgavam mais urgentes e todos pediram pela Transcitrus”, relatou.

Em projeto específico para o Município, Osmar Terra anunciou, no final de 2017, a liberação de R$ 500 mil para a pavimentação de um trecho de 600 metros na Linha Stein. “E vamos lutar para que seja liberado recurso para mais três quilômetros na mesma região”, assinalou, sob aplausos dos presentes. Outra emenda já empenhada para Salvador do Sul através do ministro é do valor de R$ 250 mil para a implantação de uma ciclovia num trecho de 920 metros, do Bairro Liberdade até o Bairro Linha do Meio.

No início da tarde, o titular do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário prestigiou a inauguração e uma quadra coberta na Escola Estadual de Ensino Médio São Salvador, maior unidade de ensino salvadorense. Terra participou da liberação do recurso de R$ 270 mil que possibilitou a realização da obra. O espaço esportivo de 625 metros quadrados tem cobertura metálica e iluminação, devendo beneficiar cerca de 800 estudantes.

“Essa obra foi sonhada por vários anos. Com essa conquista mostramos como trabalhamos juntos e por isso tivemos o ministro que olhou para nosso município e possibilitou essa realização para nossa escola que atende estudantes de Salvador do Sul e toda região”, afirmou o prefeito e ex-diretor da unidade de ensino, Marco Aurélio Eckert (PMDB), agradecendo ao ministro e toda a equipe, tanto da Escola São Salvador quanto da prefeitura, que colaborou na consolidação do projeto, que havia sido deflagrado em 2014.

OFERECIMENTO:

colunas e blogs

o Vale quer saber

Não há enquetes disponíveis para votação no momento


Escritrio Comercial S. S. do Ca:
Avenida Dr. Bruno Cassel, 179
Fone / Fax: (51) 3635-1900

Escritrio Comercial Montenegro:
Rua Oswaldo Aranha, Via Verde, 1467
Fone / Fax: (51) 3632-9680

Administrao:
Rua Fato Novo, N 11
Fone / Fax: (51) 3635-1428

Contato
Todos os Direitos Reservados | Jornal Fato Novo | Vale do Ca | RS | Por Nigma Agncia Digital