OFERECIMENTO:
Sexta-Feira, 19 de Julho de 2013 - Hora:21:01

Nenhuma morte na RS 452 neste ano

Rodovia era considerada a mais perigosa da região

No ano passado 13 pessoas morreram num trecho de 28 quilômetros
A RS 452, que corta cidades como Feliz, Bom Princípio e Vale Real, no ano passado bem que poderia ser chamada de "Estrada da Morte". Afinal, em 2012 um total de treze pessoas perderam a vida instantaneamente em acidentes na rodovia. Isso sem contar os que vieram a falecer posteriormente ou sofreram ferimentos, muitos deles sequelas irreversíveis. No total foram 98 acidentes ao longo de 2012. Boa parte envolveram motocicletas.

A rodovia é considerada uma das mais perigosas da região devido as curvas, travessias, buracos e falta de luminosidade. Entretanto, conforme o Comando Rodoviário Estadual, a principal causa dos acidentes é a imprudência dos condutores. Mesmo sendo um dos principais acessos para a região serrana, como Caxias do Sul, Nova Petrópolis e Gramado, o movimento não é tão intenso. Por ter pista simples, muitos acidentes acontecem em tentativas de ultrapassagem ou travessias. Isso sem falar em casos de embriaguez ao volante.

Entre os vários acidentes fatais do ano passado, alguns causaram grande repercussão. Foi o caso da madrugada de primeiro de abril, quando um jovem motociclista de 20 anos, da Feliz, que estava num evento em Bom Princípio, como tinha ingerido bebida alcoólica pediu para a mãe ir buscá-lo. Quando ela foi buscá-la junto com seu chefe, houve a colisão do automóvel em que estavam justamente com a moto do rapaz, que não havia esperado, e ele morreu.

Outro motociclista, de 17 anos, morador de Arroio Feliz, em setembro morre na colisão com a traseira de um caminhão. E em dezembro um haitiano de 21 anos morreu atropelado.

O número de acidentes com mortes no ano passado na RS 452 foi mesmo assustador. Em alguns trechos, como no quilômetro 5 da rodovia, aconteceram 17 acidentes em 2012. No ano anterior já haviam ocorrido muitas mortes, pois sete pessoas perderam a vida em 2011 no mesmo trecho, entre os quilômetros zero e 28 da RS 452.

Nenhuma morte em 2013
A boa notícia é de que neste ano, passados mais de seis meses, não foi registrada nenhuma morte no mesmo trecho da RS 452. Entretanto, o número de acidentes continua alto, pois já foram 45 até este mês de julho, tendo deixado vítimas com lesões, mas felizmente nenhum óbito.

Para o comandante da Polícia Rodoviária Estadual de Bom Princípio, sargento Rolando Aguirre, o fato de não ter ocorrido nenhum acidente fatal neste ano é resultado do aumento na fiscalização. Ele cita que o posto conta com mais seis patrulheiros e recebeu uma nova viatura, o que permite um trabalho de fiscalização mais intenso. Cita como exemplo o ponto mais crítico, que é o quilômetro cinco, junto ao trevo do Lauro Veber, na Feliz, onde constantemente tem sido utilizado o radar fotográfico. O sargento Rolando também acredita que os motoristas estão mais conscientes e obedecendo a sinalização e a legislação de trânsito, principalmente com o alerta do grande número de mortes em 2012.
OFERECIMENTO:

colunas e blogs

o Vale quer saber

Não há enquetes disponíveis para votação no momento


Escritório Comercial S. S. do Caí:
Avenida Dr. Bruno Cassel, 179
Fone / Fax: (51) 3635-1900

Escritório Comercial Montenegro:
Rua Oswaldo Aranha, Via Verde, 1467
Fone / Fax: (51) 3632-9680

Administração:
Rua Fato Novo, Nº 11
Fone / Fax: (51) 3635-1428

Contato
Todos os Direitos Reservados | Jornal Fato Novo | Vale do Caí | RS | Por Nigma Agência Digital