OFERECIMENTO:
Pelo Vale - Quinta-Feira, 23 de Fevereiro de 2017 - Hora:10:34

Nova ponte vai evitar interrupção do trânsito nas cheias do Rio Caí

A ponte precisa ser alta, devido às enchentes e, no Matiel, deverá passar por cima da estrada, que fica rente ao rio

Atualmente, quando ocorre enchentes é impossível passar pelas pontes sobre o rio Caí /Imagem ilustrativa/FN

A construção da nova ponte sobre o rio Caí trará grande benefício para a região e, principalmente para os municípios onde ela estará localizada: o Caí e o Pareci Novo. Mas ela terá de ser bem planejada para não causar problema para os usuários da rodovia e moradores das áreas próximas.

No local em que - em princípio - a ponte deverá ser construída (o início da rua São João, no bairro Navegantes) o terreno situado na margem oposta do rio é bem mais baixo do que nível da rua São João.

Além disso, todo o trecho da rodovia que atualmente margeia o rio (da Sociedade Matiel até o trevo de acesso às três pontes atuais) fica inundado quando ocorrem enchentes, mesmo no caso de enchentes não tão grandes como a ocorrida no ano passado. O trânsito entre Montenegro e o Caí fica interrompido nas enchentes, obrigando os usuários a fazer grandes voltas ao se deslocar de uma cidade a outra.

Isso aconteceu porque, quando foi feito o asfaltamento da estrada, houve uma forte reação política de lideranças caienses, atendendo ao temor de que a estrada no lado do Pareci, sendo feita em nível elevado, causaria aumento das enchentes no Caí.

O Caí é uma das cidades brasileiras mais impactadas pelas enchentes e a população sofre muito com isso, o que faz com que esse assunto seja muito sensível. Obras realizadas nesse trecho do rio não podem ter o efeito de aumentar o nível das enchentes na cidade.


Solução
A solução é fazer com que a ponte, no lado do Pareci, passe por cima da estrada, como um viaduto e, logo depois, dobre à esquerda, em direção a Montenegro, dando acesso a um trecho paralelo à estrada, que terá de ser construído ao lado do atual traçado, em direção a Montenegro. A partir desse ponto a estrada é mais alta e livre de enchentes até Montenegro.

O trecho de estrada que terá de ser construído tem, aproximadamente, 300 metros de extensão e o seu custo, portanto, não será tão elevado. Com isso, além de diminuir em três quilômetros a distância entre o Caí e Pareci ou Montenegro, a obra vai solucionar, também, o problema da interrupção do trânsito causada pelas enchentes.

OFERECIMENTO:

colunas e blogs

o Vale quer saber

O que vai acontecer com Lula?
Será preso
Voltará a ser presidente
Nenhuma das opções


Escritório Comercial S. S. do Caí:
Avenida Dr. Bruno Cassel, 179
Fone / Fax: (51) 3635-1900

Escritório Comercial Montenegro:
Rua Oswaldo Aranha, Via Verde, 1467
Fone / Fax: (51) 3632-9680

Administração:
Rua Fato Novo, Nº 11
Fone / Fax: (51) 3635-1428

Contato
Todos os Direitos Reservados | Jornal Fato Novo | Vale do Caí | RS | Por Nigma Agência Digital