OFERECIMENTO:
Montenegro - Quarta-Feira, 25 de Abril de 2018 - Hora:08:00

Outdoor do Bolsonaro é tapado

Justiça Eleitoral acompanhou o trabalho onde painel foi coberto de branco ontem

/Guilherme Baptista/FN

A Justiça Eleitoral, na última quarta-feira, já tinha determinado a retirada do outdoor de apoio ao pré-candidato à presidência da República Jair Bolsonaro (PSL). O painel tinha sido colocado na margem da RS 287, em frente à Madeireira Montenegrina, faz cerca de uma semana, gerando muita discussão nas ruas e redes sociais por constar “Montenegro – Cidade das Artes – Apoia Bolsonaro”. O outdoor dividiu opiniões e discussões.

Grupos e pessoas contrárias entraram com ação na Justiça pedindo a retirada do outdoor. Uma das representações protocoladas foi do PT. A promotora eleitoral entendeu que no momento não é permitida a propaganda eleitoral e por isso solicitou medidas cabíveis. A juíza eleitoral Deise Fabiana Vicente determinou a retirada do outdoor num prazo de 48 horas por entender que se tratava de propaganda eleitoral antecipada. Apoiadores de Bolsonaro entraram com recurso, justificando que não é propaganda porque não pede votos. E a intenção dos apoiadores era inclusive instalar mais outdoor semelhantes em Montenegro e cidades vizinhas, já tendo recebido a cedência de locais.

O prazo para a retirada, determinado pela Justiça, venceu na tarde de sexta-feira. Como não foi cumprido, a juíza expediu um ofício à Prefeitura requerendo a retirada. No final da manhã de ontem, terça-feira, o chefe do cartório eleitoral, Diego Bonato Coitinho, acompanhado da Guarda Municipal e de funcionários da Prefeitura, foram até o local. Os servidores chegaram a levar motossera, máquina retroescavadeira e caminhão para derrubar o outdoor. Foi quando um representante do proprietário da área se apresentou pedindo para que não derrubasse a estrutura e pediu um tempo para que pudesse ser coberta a arte com a foto e dizeres de apoio ao pré-candidato. Ele exigiu a retirada da imprensa do local, alegando que se tratava de área particular, inclusive chegando a empurrar um repórter. Foi aguardado por cerca de uma hora até que toda a arte da placa fosse coberta de branco.

A promotora Daniela Tobaldini informou que foi instaurado um expediente para instruir eventual aplicação de sanções contra os responsáveis pelo outdoor, estando em fase de coleta de elementos comprobatórios da responsabilidade do proprietário e contratantes.

colunas e blogs

o Vale quer saber

Não há enquetes disponíveis para votação no momento


Escritório Comercial S. S. do Caí:
Avenida Dr. Bruno Cassel, 179
Fone / Fax: (51) 3635-1900

Escritório Comercial Montenegro:
Rua Oswaldo Aranha, Via Verde, 1467
Fone / Fax: (51) 3632-9680

Administração:
Rua Fato Novo, Nº 11
Fone / Fax: (51) 3635-1428

Contato
Todos os Direitos Reservados | Jornal Fato Novo | Vale do Caí | RS | Por Nigma Agência Digital