OFERECIMENTO:
Terça-Feira, 06 de Janeiro de 2015 - Hora:14:44

Paraná

Um estado com atrativos muito interessantes

O Largo Coronel Enéas, mais conhecido como Largo da Ordem, faz parte da história de Curitiba

Você está em busca de um roteiro para aquela tão esperada viagem? Que tal dar uma espiadinha no que o Paraná pode lhe oferecer, ou seja, praia, montanha e a calma típica das cidades interioranas. Vale a pena conhecer algumas opções.

Já que é verão, nada como curtir o sol e a praia. Tudo começa com uma travessia, a partir de Curitiba, para a charmosa e rústica Ilha do Mel, parque estadual de preservação ambiental e parte do município de Paranaguá. O caminho para o paraíso é feito de barco, por uma baía próxima ao mar aberto, partindo de Paranaguá ou Pontal do Paraná. Em 35 quilômetros de praias e natureza preservada, a calmaria permanece na alta temporada: apenas 5 mil pessoas podem permanecer na ilha, simultaneamente.

Céu, mar e pé na areia, ao mesmo tempo, podem fazer perder a noção da hora. Portanto, a dica é deixar o relógio em casa e concentrar-se nas fotos e selfies. Todos cedem aos encantos da ilha e percorrem com alegria o percurso que separam pontos turísticos como a Fortaleza Nossa Senhora dos Prazeres, onde estão guardados armamentos históricos, canhões do século VXIII e uma paisagem desconcertante. E a Gruta das Encantadas é um relicário de lendas e histórias misteriosas. Contam os ribeirinhos que em noites enluaradas, lindas sereias escondidas na grande fenda aberta no rochedo atraíam visitantes, os quais desapareciam para sempre.

A ilha é pacata, mas está 24 horas em movimento. No raiar do dia, condutores e guias já estão de prontidão para acompanhar os visitantes em dezenas de trilhas que levam a praias selvagens, algumas com ondas apropriadas para o surf. Ao entardecer, o convite é subir os 150 degraus de escadaria que levam à desconcertante vista ao pé do Farol das Conchas, construído em 1872 por ordem de Dom Pedro II. E todos os caminhos noturnos levam ao centrinho cercado por bares, gente bonita e um clima praiano ao som de reggae, forró ou pagode.

Partindo de Curitiba tem o trem que leva até Morretes. O trem parte do centro da capital paranaense e, numa velocidade média de 30 quilometros por hora, desce a Serra do Mar. A estrada de ferro serpenteia as montanhas recheadas de Mata Atlântica e a paisagem é simplesmente deslumbrante, com direito a guia turístico e lanche a bordo. Imperdível.

Ao chegar, no pé da serra está Morretes com seu mar azul. Além da beleza do lugar, a gastronomia merece atenção, com destaque para o barreado, prato típico daquela região que consiste em carne cozida, desfiada e servida com o caldo do cozimento, farinha de mandioca e outros acepipes.

Fechando com “chave de ouro” a visita a Morretes, além da compra dos souvenires e produtos que você só encontra ali, não deixe de conferir a revoada do papagaio chauá, no Parque Nacional de Superagui. Geralmente, a volta para a cidade de Curitiba é feita de ônibus de turismo que sobe a maravilhosa Serra da Graciosa, outro espetáculo que espera pelo visitante.

Ainda falando de Curitiba, as refeições nas cantinas italianas do Bairro de Santa Felicidade também devem fazer parte do seu roteiro. Vale a pena conferir o sabor das massas acompanhadas de salada temperada com vinho, risoto, frango frito e mais vinho nas taças.

Para quem gosta de levar lembrancinhas dos lugares por onde passa, uma boa ideia é conferir a Feira de Artesanato aos domingos no Largo da Ordem, bem no centro da cidade. É uma profusão de quadros assinados por artistas locais, antiguidades e uma série de artefatos confeccionados artesanalmente.

Ainda tem a famosa Foz do Iguaçu que ganhou o status de ser considerada uma das mais estruturadas do país. Ela abriga as Cataratas do Iguaçu e seu parque foi declarado Patrimônio Natural da Humanidade pela UNESCO.

Em Foz do Iguaçu a aventura está à espera do visitante, quer seja por trilhas, terra firme, de helicóptero sobrevoando a Garganta do Diabo, o maior conjunto de quedas d´água da região.

Em Foz, a tríplice fronteira é parada obrigatória. O Marco das Três Fronteiras simboliza o encontro entre os vizinhos Brasil, Argentina e Paraguai. Bem perto dali, o turista desfruta de um oásis para compras dos mais variados artigos e produtos.

Se você tem pressa de chegar, consulte as opções oferecidas pelas agências de turismo através de transporte aéreo e beneficie-se dos descontos que as companhias oferecem. Mas, se tiver tempo e gosta de dirigir, vá com seu carro. Organize um roteiro antecipado e vá parando pelo caminho. Vale a pena.

colunas e blogs

o Vale quer saber

O que vai acontecer com Lula?
Será preso
Nenhuma das opções
Voltará a ser presidente


Escritório Comercial S. S. do Caí:
Avenida Dr. Bruno Cassel, 179
Fone / Fax: (51) 3635-1900

Escritório Comercial Montenegro:
Rua Oswaldo Aranha, Via Verde, 1467
Fone / Fax: (51) 3632-9680

Administração:
Rua Fato Novo, Nº 11
Fone / Fax: (51) 3635-1428

Contato
Todos os Direitos Reservados | Jornal Fato Novo | Vale do Caí | RS | Por Nigma Agência Digital