OFERECIMENTO:
Harmonia - Quarta-Feira, 29 de Novembro de 2017 - Hora:08:00

Pitaya pode virar fonte de renda para agricultores

Boa lucratividade da cultura chamou atenção de produtores

Divulgação/FN

A Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente de Harmonia promoveu, na terça-feira passada, uma visita técnica ao município de Turvo, em Santa Catarina, com um grupo de produtores harmonienses. O objetivo, segundo o secretário Leozildo Lira, foi buscar conhecimento sobre a cultura da Pitaya. A fruta é uma espécie cactácea originária das florestas tropicais do México, que no Brasil caiu no gosto dos consumidores devido ao seu poder nutritivo e o lucro gerado.

Segundo produtores do município catarinense, com a implantação de um hectare da fruta, com cerca de duas mil mudas, o investimento fica em torno de R$ 40 mil a R$ 50 mil (mudas e estrutura). Além de não exigir muita adubação e não aceitar a utilização de agrotóxicos, a produção começa a dar frutos já no segundo ano após o plantio. No terceiro, já chega a uma produção de 25 mil quilos por hectare, com variação de R$ 5 a R$ 7 o quilo.

No último dia 13, produtores da fruta da localidade de Lomba Grande, Novo Hamburgo, estiveram na prefeitura conversando com a equipe da SMAMA e produtores locais sobre vantagens e modo de produção da fruta.

OFERECIMENTO:

colunas e blogs

o Vale quer saber

Não há enquetes disponíveis para votação no momento


Escritório Comercial S. S. do Caí:
Avenida Dr. Bruno Cassel, 179
Fone / Fax: (51) 3635-1900

Escritório Comercial Montenegro:
Rua Oswaldo Aranha, Via Verde, 1467
Fone / Fax: (51) 3632-9680

Administração:
Rua Fato Novo, Nº 11
Fone / Fax: (51) 3635-1428

Contato
Todos os Direitos Reservados | Jornal Fato Novo | Vale do Caí | RS | Por Nigma Agência Digital