OFERECIMENTO:
Pelo Vale - Quarta-Feira, 07 de Junho de 2017 - Hora:08:00

Plantio de árvores na cidade é incentivado

Projeto Arborizando teve a primeira etapa no sábado, com mutirão

Ação terá novas etapas, inclusive em localidades do interior salvadorense /Cathierine Hoffmann/Divulgação

Uma cidade mais verde, agradável e bonita. Essas são algumas das premissas do projeto Arborizando – É tempo de plantar, iniciativa encabeçada pela Secretaria Municipal da Agricultura e Meio Ambiente de Salvador do Sul e que resultou numa grande mobilização durante o sábado que passou. Com a breve trégua dada pelo tempo instável, mudas de diversas espécies foram plantadas em diversos pontos da cidade.

O trabalho teve a colaboração de agentes políticos locais, lideranças comunitárias e, especialmente, estudantes universitários salvadorenses, nesse caso a título de contrapartida ao auxílio recebido da prefeitura para os estudos. O grupo partiu do Centro Administrativo em direção ao centro, bairros e acessos da cidade. Antes, contudo, os participantes receberam orientações sobre os procedimentos e a importância de seguir as informações técnicas. O prefeito Marco Aurélio Eckert, por sua vez, agradeceu a presença de todos e ressaltou a relevância do projeto.

Equipes foram divididas por bairros e em alguns locais ganharam apoio também dos moradores. Conforme a administração municipal, foram plantadas mais de 1,5 mil árvores ao longo do dia.

Segundo a secretária municipal Gledes Forbeck, que acompanhou as atividades, foi contemplada no primeiro dia de realização 80 por cento da cidade. “Impressionante como avançamos nessa primeira intervenção. Todos trabalharam unidos e o plantio das mudas foi muito bem. Agora o programa seguirá em novas oportunidades, na cidade e após com a ampliação para a área rural”, destaca. Os locais a serem atendidos na segunda etapa serão os parques e praças da cidade, além do Bairro Esperança.

O presidente de uma das associações de universitários do município, a UNIASS, Diego Heckler, foi um dos participantes mais engajados no sábado, e apesar da participação dos estudantes ter sido, inicialmente, em contrapartida, e ressaltou que muitos se identificaram com o programa. “A grande maioria vestiu a camisa e se dedicou. Muitos alunos colocaram a mão na massa não pelo retorno financeiro, mas sim por ser um projeto com um retorno positivo para o amanhã”, assinala.

A administração salvadorense emitiu, no início dessa semana, uma nota de repúdio com relação à retirada de mudas plantadas num terreno, informando que o caso foi registrado na Delegacia de Polícia de Salvador do Sul, que irá conduzir a investigação.

OFERECIMENTO:

colunas e blogs

o Vale quer saber

Não há enquetes disponíveis para votação no momento


Escritório Comercial S. S. do Caí:
Avenida Dr. Bruno Cassel, 179
Fone / Fax: (51) 3635-1900

Escritório Comercial Montenegro:
Rua Oswaldo Aranha, Via Verde, 1467
Fone / Fax: (51) 3632-9680

Administração:
Rua Fato Novo, Nº 11
Fone / Fax: (51) 3635-1428

Contato
Todos os Direitos Reservados | Jornal Fato Novo | Vale do Caí | RS | Por Nigma Agência Digital