OFERECIMENTO:
Pelo Vale - Sexta-Feira, 06 de Março de 2015 - Hora:16:27

Quanto falta para o seu município chegar ao primeiro mundo?

Tupandi, Maratá e São Vendelino já chegaram lá - Barão e Harmonia estão muito perto

Tupandi já chegarou lá

O município de Tupandi já atingiu o padrão de primeiro mundo há vários anos e Maratá está chegando lá.

Dados econômicos sobre o ano de 2014 ainda não estão disponíveis, mas é provável que, nesse ano, Maratá já tenha atingido o status de primeiro mundo. Para isso, pelo critério que adotamos, é necessário alcançar o PIB per capita de 20 mil dólares anuais. Nível aproximado ao de Portugal e quase o dobro do brasileiro.

O mesmo se pode dizer de São Vendelino. Se o município manteve o mesmo ritmo de crescimento dos quatro anos anteriores, também alcançou o PIB necessário para ganhar o status de primeiro mundo.

Os municípios de Barão, Harmonia, Salvador do Sul e São José do Sul também estão bem próximos de atingir o status de primeiro mundo.

Todos esses municípios se caracterizam pelo grande desenvolvimento da avicultura e suinocultura. Alguns também têm um bom desenvolvimento industrial, mas a análise dos casos de cada município demonstram muito bem que a avicultura e suinocultura são a causa principal do desenvolvimento.

Estudo realizado pelo Fato Novo mostra que o desenvolvimento dos municípios mais industrializados (Montenegro, Caí, Feliz e Portão) foi medíocre, se comparado ao dos municípios que fizeram da avicultura e suinocultura o motor do seu desenvolvimento. Os sete primeiros colocados na lista da PIB per capita (renda per capita) são municipios que desenvolveram fortes programas de incentivo à implantação de aviários.

Bom Princípio é um caso especial porque, além de incentivar os aviários e pocilgas desenvolveu um forte programas de incentivo aos pequenos empresários da indústria e serviços. Essa política foi também adotada por Tupandi, com ótimos resultados.

É melhor incentivar os empresários locais do que atrair filiais de empresas sediadas em outros municípios
Pareci Novo, São José do Sul e São Pedro da Serra tiveram extraordinário desenvolvimento nos períodos em que seus prefeitos incentivaram fortemente a avicultura e suinocultura. Lamentavelmente, nem todos os seus prefeitos seguiram essa estratégia de desenvolvimento.

Essas atividades são, sem dúvida, a grande vocação econômica do Vale do Caí e os municípios cujas prefeituras souberam incentivar a aviculutura/suinocultura são os que mais se desenvolveram.

Num mesmo município, nota-se a diferença no desenvolvimento nos períodos em que os prefeitos mais incentivaram essas atividades.

OFERECIMENTO:

colunas e blogs

o Vale quer saber

Não há enquetes disponíveis para votação no momento


Escritório Comercial S. S. do Caí:
Avenida Dr. Bruno Cassel, 179
Fone / Fax: (51) 3635-1900

Escritório Comercial Montenegro:
Rua Oswaldo Aranha, Via Verde, 1467
Fone / Fax: (51) 3632-9680

Administração:
Rua Fato Novo, Nº 11
Fone / Fax: (51) 3635-1428

Contato
Todos os Direitos Reservados | Jornal Fato Novo | Vale do Caí | RS | Por Nigma Agência Digital