OFERECIMENTO:
Pelo Vale - Terça-Feira, 09 de Setembro de 2014 - Hora:18:35

Região tem fim de semana trágico

Diversos acidentes resultaram em mortos e feridos nas estradas

Kadet bateu com força nas árvores e Pulga não resistiu

As estatísticas trágicas do último fim de semana mostram números chocantes, e têm reflexos de ocorrências no Vale do Caí. Mortos e feridos em acidentes nas estradas da região formam o retrato de um trânsito que cada vez mais se torna um dilacerador de famílias. A RSC 470, a ERS 124 e a Rua Bruno de Andrade foram palcos das mortes ocorridas na sexta-feira, sábado e domingo.

Sexta-feira
Montenegro - Um atropelamento no início da noite de sexta-feira, dia 5, tirou a vida de Rosane de Fátima da Silva Gomes, 49 anos. Ela atravessava a ERS-124, em Montenegro, quando foi atingida por uma camionete Ford Courier, placas de Montenegro, na pista sentido Montenegro - Triunfo. O trecho em que ocorreu o acidente não tem iluminação, na altura do Bairro Estação. O condutor do carro pediu proteção numa casa com medo da reação dos familiares da vítima, que estavam revoltados.

Sábado
Salvador do Sul/Pareci Novo - As alarmantes estatísticas da RSC 470 foram reforçadas, no último sábado, por mais dois graves acidentes no trecho da perigosa rodovia em Salvador do Sul. No caso mais grave, um jovem de 23 anos acabou não resistindo à violenta colisão de seu automóvel contra árvores às margens da estrada.

César Augusto Neumann de Oliveira, apelido “Pulga”, recém havia saído de um posto de combustíveis e seguia com seu Chevrolet/Kadett, placas IEN 9796, de Salvador do Sul, no sentido Salvador do Sul/Montenegro, por volta das 9h30min.

Menos de 500 metros após o início do deslocamento, na altura do KM 257, perdeu o controle do veículo e sofreu o acidente. O carro ficou despedaçado.

Pulga sofreu múltiplas lesões, mas chegou a ser socorrido com vida pelo Corpo de Bombeiros Voluntários de Salvador do Sul e São Pedro da Serra. Contudo, faleceu pouco depois de dar entrada no Hospital São Salvador. Tão logo se espalhou a notícia da tragédia, dezenas de amigos do jovem se dirigiram ao local. Sem esconder a perplexidade e a consternação, buscavam explicações sobre o que poderia ter acontecido. Algo que chamou muita atenção dos populares foi a inexistência de marcas de freada sobre o asfalto.

O jovem era caminhoneiro e trabalhava para uma transportadora da cidade de Caxias do Sul. Ele havia feito aniversário no último dia 31 de agosto e, conforme pessoas próximas, pretendia fazer uma festa para familiares no final de semana. Seu sepultamento foi realizado na tarde do domingo, na localidade de Campestre Alto, interior de São Pedro da Serra.

Aproximadamente duas horas depois do acidente fatal, outra ocorrência grave foi registrada na 470, nas proximidades do acesso à localidade de Santa Rita, local que vem registrando acidentes com frequência. Uma senhora que estaria aguardando transporte coletivo para um baile de terceira idade foi atropelada por uma moto, placas ILS 2658, de Salvador do Sul, conduzida por um menor de idade. A mulher sofreu fraturas nas pernas e foi socorrida pelos Bombeiros Voluntários.

Devido à gravidade dos ferimentos, teve que ser transferida ao Hospital de Pronto Socorro de Canoas, onde segue internada.
Ainda no sábado, a jovem Priscila Lunkes da Silva, de 22 anos, foi atingida por um carro na traseira de sua moto. Moradora da localidade de Despique, interior de Pareci Novo, ela pilotava uma moto Honda CG no sentido Montenegro/ São José do Sul pela RSC-470 quando sofreu colisão. O condutor do automóvel GM Corsa, que estava no mesmo sentido, afirma que a motociclista parou sobre a pista, próximo ao acesso à localidade de Campo do Meio, na noite deste sábado. Ela foi conduzida para o Hospital Montenegro e depois para o HPS de Canoas.

Domingo
Montenegro - Um jovem de 25 anos morreu logo na manhã do dia 7 de setembro em Montenegro. Willian José de Mello dirigia uma moto Biz, de placa IPJ 9215, quando perdeu o controle do veículo e colidiu contra um poste de energia elétrica, na rua Bruno de Andrade, em frente ao Presídio do bairro Timbaúva (albergue do semiaberto). A vítima teve morte instantânea, ficando o corpo no asfalto, ao lado do capacete. A tragédia abalou a família de Willian, pois o irmão da vítima morrera há pouco mais de 20 dias, também em acidente de trânsito, em Santa Catarina.

Segunda-feira
São José do Sul - Já nessa segunda-feira, no final da manhã, um caminhão carregado com esterco não venceu uma curva da rodovia e tombou num barranco, em São José do Sul. O condutor do veículo, Guilherme Arnhold, apelido “Kigui”, 23 anos, morador de Salvador do Sul, sofreu cortes na cabeça e foi encaminhado para atendimento no Centro de Saúde da cidade. Kigui, por sinal, era amigo de Pulga, que faleceu no acidente ocorrido no sábado, e inclusive havia compartilhado mensagens de pesar pelo ocorrido em seu perfil numa rede social.

OFERECIMENTO:

colunas e blogs

o Vale quer saber

Não há enquetes disponíveis para votação no momento


Escritório Comercial S. S. do Caí:
Avenida Dr. Bruno Cassel, 179
Fone / Fax: (51) 3635-1900

Escritório Comercial Montenegro:
Rua Oswaldo Aranha, Via Verde, 1467
Fone / Fax: (51) 3632-9680

Administração:
Rua Fato Novo, Nº 11
Fone / Fax: (51) 3635-1428

Contato
Todos os Direitos Reservados | Jornal Fato Novo | Vale do Caí | RS | Por Nigma Agência Digital