OFERECIMENTO:
Quarta-Feira, 24 de Janeiro de 2018 - Hora:08:00

São Pedro vence e encaminha tetra

Sob muita chuva, visitantes deram poucas chances ao valente União

São José pressionou o Campestre, mas faltou precisão nas finalizações, nos Veteranos /Cleo Meurer/FN

Um grande jogo, uma decisão de Integração/Sicredi, merecia um tempo melhor. Mas quem encarou a chuva constante e a temperatura baixa para essa época e foi a Campestre Alto, na tarde do domingo, conferir a partida de ida da decisão dos Titulares entre União e São Pedro não tem do que reclamar. Num confronto muito movimentado, os visitantes fizeram valer o favoritismo e aplicaram 2 a 0, ficando perto demais do tetracampeonato.

No primeiro tempo, o domínio do São Pedro foi absoluto. O União, mesmo em casa, adotou uma postura mais cautelosa, jogando com apenas um atacante efetivo, Jonathan, que também em muitas vezes se somava aos marcadores do time.

Com campo molhado, o time da cidade passou a arriscar chutes de fora da área, dando muito trabalho ao goleiro Vagner, que fez, pelo menos, três defesas muito difíceis, até que, aos 19 minutos, Gilsinho recebeu bom passe de Pepe, cortou para a direita, e mandou um foguete à meia altura. Belo gol, para explosão da barulhenta torcida do São Pedro.Apesar de ter tomado o gol, o União seguiu especulando nos contra-ataques. O goleiro adversário, Pete, praticamente não trabalhou nos primeiros 45 minutos.

Para o segundo tempo, o treinador Leonardo Loff “Flegat” mudou a foto e o sistema de jogo do time local. E, parcialmente, atingiu seus objetivos. O União passou a aparecer mais constantemente no ataque e o São Pedro, então, que adotou os contragolpes.

E foi assim, numa escapada em velocidade, que veio o gol que fechou o placar. Pepe fez grande jogada individual, passou pela defesa adversária na raça e apareceu na cara do gol, desviando, com categoria de Vagner. Os 2 a 0 dão uma grande vantagem ao São Pedro, que poderá jogar, no próximo domingo, em seu campo, por empate no tempo normal ou numa eventual prorrogação para chegar ao tetracampeonato. O União vai ter que fazer o que já fez muito bem nas outras fases da competição: surpreender. Mas dessa vez a tarefa é ainda mais complicada.

O União, do treinador Flegat, escalou: Vagner; Roger (Franciel), Carlos, Marabá e Ueslei; Anderson, Ortiz, Mola (Isa), Neni (Jean) e Cassio (Barbosa); Jonathan. O São Pedro, de Fernando Gauer, teve: Pete; Mainardi, Quinhos, Renan e Tonho (Kusi); Samuel (Gringuinho), Magno, Gustavinho (Peixe) e Gilsinho; Pepe e Buda (Mocelin). A partida teve arbitragem pelo experiente Jean Pierre Gonçalves de Lima.


SUS vence com gol no fim nos Aspirantes
Na preliminar da partida dos Titulares, um clássico salvadorense na decisão dos Aspirantes. E, dessa vez, a SUS levou a melhor contra o Juventus, fazendo 2 a 1 num adversário contra o qual tem um histórico de insucessos em partidas decisivas.

No primeiro tempo, o time da cidade teve maior volume de jogo, mas não conseguiu aproveitar as boas chances criadas, especialmente, em lances de bola parada próximos da área. Na etapa complementar, a SUS abriu o placar com Iuri.

O Juventus, contudo, não demorou a responder. Eler, um dos destaques da competição, aproveitou cruzamento rasteiro e igualou. Quando o empate parecia definitivo, Michel, aos 46, arriscou de fora da área e voltou a deixar a SUS em boa vantagem. O time pode jogar por empate no tempo normal ou na prorrogação, no confronto de volta.


Empate no primeiro jogo dos Veteranos
São José e Campestre Baixo fizeram um excelente jogo, no sábado, em Linha Babilônia, na ida da decisão dos Veteranos.

Embora tenha pressionado muito, sobretudo, nos 45 minutos finais, o time da casa teve que se contentar com o empate.

O Campestre surpreendeu e, logo aos cinco minutos, abriu o placar com Evandro, que aparou cruzamento de cabeça. O São José teve maior posse de bola e atacou mais, mas esbarrou na falta de pontaria nas conclusões. Quase ao fim do primeiro tempo, Anderson, com oportunismo, e também de cabeça, igualou o placar em 1 a 1.

O jogo de volta acontecerá neste sábado, em Campestre Baixo. O time da casa terá a vantagem de poder empatar no tempo normal e na prorrogação. Na preliminar, São Pedro e Fluminense irão decidir, em jogo único, a categoria Sub 16.

OFERECIMENTO:

colunas e blogs

o Vale quer saber

Não há enquetes disponíveis para votação no momento


Escritório Comercial S. S. do Caí:
Avenida Dr. Bruno Cassel, 179
Fone / Fax: (51) 3635-1900

Escritório Comercial Montenegro:
Rua Oswaldo Aranha, Via Verde, 1467
Fone / Fax: (51) 3632-9680

Administração:
Rua Fato Novo, Nº 11
Fone / Fax: (51) 3635-1428

Contato
Todos os Direitos Reservados | Jornal Fato Novo | Vale do Caí | RS | Por Nigma Agência Digital