OFERECIMENTO:
Montenegro - Sábado, 10 de Fevereiro de 2018 - Hora:08:00

Sem desfile, mas com Esquenta 2019 e carnaval no salão

Escola de samba Esubi participa de evento hoje no bairro Industrial

Desfile de Carnaval pode voltar em 2019 /Arquivo/FN

A cidade que já teve um dos maiores desfiles de carnaval da região e do Estado, pelo quinto ano consecutivo ficará sem apresentação das escolas de samba. Folia confirmada mesmo apenas no salão do clube Grêmio Gaúcho, do bairro Timbaúva, através de bailes como infantil e o 1º Carnaval de Máscaras Retrô.

A Prefeitura não quer deixar o carnaval passar em branco e já pensa também no próximo ano. Um Esquenta 2019 está sendo preparado para o dia 11 de março, com a participação da Escola de Samba Unidos do bairro Industrial. A concentração será na Pracinha dos Ferroviários às 18h30, com o bloco, mini-bateria e carro de som seguindo pelo centro até o cais do porto. “Já será um esquenta para o carnaval 2019”, diz a diretora de cultura Priscila Nunes.A bateria da Esubi também vai participar de um evento de carnaval hoje, sábado, dia 10, a partir das 21h, na Associação do bairro Industrial, junto com o bloco do Caldeirão e o grupo Chico & Banda. Uma muamba ainda pode ocorrer no dia 3 de março, junto ao cais do porto, organizada pelo bloco do Caldeirão.


Sem desfile
O último desfile de carnaval em Montenegro foi em 2013, quando Unidos do Bairro Industrial (Esubi), Mangueira e Tradição se apresentaram na Rua Ramiro Barcelos. No ano seguinte as escolas de samba chegaram a ensaiar, mas problemas na prestação de contas da verba repassada pela Prefeitura acabaram impedindo o desfile. E desde então não ocorreram mais apresentações das escolas de samba no centro.

As escolas sempre alegaram dificuldades como falta de recursos e também de locais para ensaiarem. “Tem que ter uma sede para trabalhar o ano todo. Assim as escolas podem arrecadar recursos com eventos e não ficam dependendo do poder público”, destaca Airton Schuster, o “Burrão”, durante programa na Rádio América que destacou os bons tempos do carnaval de rua montenegrino. Ao lado de Anibal Ferreira, que foi presidente da Associação das entidades carnavalescas, lembrou de grandes escolas como a Bateria Independente, que foi campeã no Vale do Sinos, e a Acadêmicos e Floresta, que chegaram a ganhar títulos em Porto Alegre. As duas escolas fizeram história no carnaval montenegrino e da região.

Airton recorda que a Bateria Independente tinha sua sede junto ao Clube Riograndense, onde organizava eventos como o Sambão, além de ter também bingo e a copa no rodeio crioulo. Já a Acadêmicos tinha a sua sede no bairro Santo Antônio e a Floresta em sua própria sociedade. Outras escolas de samba também se destacaram, desde a pioneira Primeira do Vale e depois a Centenário, Whiskeira, Leões de Ouro, Águia de Ouro e Esperança.

Para este ano, quando o carnaval ocorre mais cedo (13 de fevereiro), as escolas sequer estão fazendo ensaios ou muambas. Além de não ter desfile em Montenegro, os grupos carnavalescos não programaram participação em desfiles de outras cidades, como chegou a ocorrer em anos anteriores. No Caí, que até o ano passado realizava carnaval de rua, neste ano a Prefeitura cancelou o desfile. Mas a Escola de Samba Quilombo vai fazer um desfile em seu bairro no dia 3 de março, já que arrecadou recursos ao longo do ano através de eventos. A Prefeitura do Caí já anunciou que o desfile de carnaval, com mais escolas, deve voltar no próximo ano. Já em Montenegro a expectativa é de que o desfile possa retornar também em 2019. Mas isso ainda depende da mobilização das escolas de samba. “Estamos conversando com os carnavalescos. Não queremos deixar o carnaval morrer”, dizem as diretoras de cultura e de turismo da Prefeitura, Priscila Nunes e Michele Nunes.


Carnaval no Grêmio Gaúcho
Nos salões os bailes de carnaval também se tornaram escassos. Antigamente ocorriam em todos os clubes, como Comércio, Riograndense, Grêmio Gaúcho e Cantegril, com grandes bandas e casa lotada. Nos últimos anos só o Grêmio Gaúcho teve carnaval e assim mesmo apenas o baile infantil.

Neste ano novamente terá o carnaval infantil no Grêmio Gaúcho. Será no dia 25 de fevereiro, um domingo, a partir das 14h. Conforme o vice-presidente César Arend, deverá ter inclusive concurso de fantasias. César informa que também no Baile da Melhor Idade de 18 de fevereiro, animado pela Banda Guarujá, terá o tradicional carnaval.

A novidade neste ano no Grêmio Gaúcho será o 1º Carnaval de Máscaras Retrô. Será no dia 24 de fevereiro, um sábado, a partir das 22h. E será um carnaval de salão como de antigamente. Terá as tradicionais marchinhas e todos os foliões devem usar máscaras. O próprio ingresso combo dá direito a máscara e copo. Sócios em dia não pagam ingresso. Além do DJ Leandro Henrique, outra grande atração será a banda que estará tocando. Será o conjunto Locomotiva, que por tantos anos lotou o salão no carnaval do Grêmio Gaúcho. Ingressos antecipados, com desconto, por 30 reais, na secretaria do Grêmio Gaúcho, Oba Oba Festas e nas lojas Mulher Urbana e Natumist. Na hora será 40 reais. Tem ainda a venda de camarotes com os organizadores. A expectativa é de um grande público e inclusive a participação de blocos. A realização é da Atary Music Produções.


Carnaval no Museu
Quem quiser matar a saudade ou conhecer um pouco do carnaval de antigamente pode pelo menos ver fantasias e fotos em exposição. Nesta semana, a Diretoria de Cultura realizou o lançamento da mostra “Memórias Carnavalescas” no Museu Histórico Nice Antonieta Schuler, situado na Rua Osvaldo Aranha, em frente a Estação da Cultura. A exposição temática, que está aberta ao público, apresenta fragmentos do universo do Carnaval montenegrino no século XX.

A mostra conta com fantasias, troféus e imagens antigas que proporcionarão ao público uma pequena viagem no tempo para admirar o contexto de antigos carnavais no município. A exposição estará disponível até o dia 28 de fevereiro. O horário de atendimento é das 8h às 12h e das 13h30min às 16h30min, de segunda a sexta-feira.

OFERECIMENTO:

colunas e blogs

o Vale quer saber

Não há enquetes disponíveis para votação no momento


Escritório Comercial S. S. do Caí:
Avenida Dr. Bruno Cassel, 179
Fone / Fax: (51) 3635-1900

Escritório Comercial Montenegro:
Rua Oswaldo Aranha, Via Verde, 1467
Fone / Fax: (51) 3632-9680

Administração:
Rua Fato Novo, Nº 11
Fone / Fax: (51) 3635-1428

Contato
Todos os Direitos Reservados | Jornal Fato Novo | Vale do Caí | RS | Por Nigma Agência Digital