OFERECIMENTO:
Alto Feliz - Terça-Feira, 19 de Abril de 2016 - Hora:14:16

Separatistas estão se organizando em todos os municípios da região

Nos finais de semana, voluntários do movimento, uniformizados, distribuem folhetos em eventos pela região

No sábado os separatistas panfletaram em Alto Feliz Foto:Divulgação/FN

Na sua edição do último dia 9, o Fato Novo publicou o resultado de uma enquete feita com seus leitores, pelo site do jornal.

A pergunta era “Você é a favor de que os estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul formem um país independente?

O resultado foi surpreendente: 88% dos leitores que responderam à enquete foram favoráveis à separação. Apenas 12% deles preferem continuar sob o comando de Brasília.

Os vinte municípios componentes do Vale do Caí já contam com coordenadores da campanha pelo emancipação politica da região Sul do Brasil. A ideia é formar um novo país composto pelos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná.

Caberá aos coordenadores municipais organizar a realização, em seus municipios, de um plebiscito no qual os eleitores manifestarão a sua aprovação, ou não, da separação dessa região sulina do restante do país.

Em outros países, já foram realizados plebiscitos desse tipo, de forma pacífica. Os casos mais conhecidos são os da Espanha e da Inglaterra (Reino Unido), onde estava sendo proposta a separação do País Basco e Catalunha (da Espanha), e da Escócia, atualmente integrada à Inglaterra.

O plebiscito relativo à intenção de separar os três estados do sul do restante do país não terá, ainda, um caráter decisivo. Será apenas uma forma do povo manifestar a sua vontade. Caso haja uma significativa votação a favor da separação, o projeto poderá ser levado adiante. Se essa for a vontade da maioria do povo da região, novos passos poderão ser dados para a concretização do projeto.

O coordenador do movimento no Vale do Caí, João Paulo Schuch (gerente da Papelaria Schuch, no Caí) ficou impressionado com as manifestações de apoio que recebeu.
Apesar do grande apoio, alguns manifestavam preocupação, pensando que pregar o separatismo seria crime. Ele esclarece que não é o caso. Seria crime pregar um movimento armado pela separação. Defender a ideia de separação e promover uma consulta popular para apurar o interesse ou não da população pela separação é perfeitamente legal. Tanto no Brasil como no exterior, onde já foram realizados muitos plebiscitos desse tipo.

Animados pela boa receptividade, os separatistas da região estão se mobilizando ainda mais. Como são pessoas que trabalham, eles atuam mais nos finais de semana.

No último dia 16, houve panfletagem em Alto Feliz e Portão. No próximo final de semana, o grupo passará por São Vendelino e Portão.

Alguns municípios já contam com uma comissão local. Em Harmonia o movimento é coordenado por Daniel Hartmann (fone 96168125). Em Linha Nova, o coordenador é Maciel Herter (email macihedaa@gmail.com) e no Vale Real o líder é Michel Seimetz (fone 98464839). Nos demais municípios da região estão sendo organizadas comissões.

A próxima meta do movimento é promover um plebiscito, em 2 de outubro, mesmo dia das eleições municipais.

Para obter mais informações sobre o assunto, basta digitar O Sul é meu país no Google.

OFERECIMENTO:

colunas e blogs

o Vale quer saber

Quem está ganhando a guerra contra o crime na região?
Criminosos
Policia


Escritório Comercial S. S. do Caí:
Avenida Dr. Bruno Cassel, 179
Fone / Fax: (51) 3635-1900

Escritório Comercial Montenegro:
Rua Oswaldo Aranha, Via Verde, 1467
Fone / Fax: (51) 3632-9680

Administração:
Rua Fato Novo, Nº 11
Fone / Fax: (51) 3635-1428

Contato
Todos os Direitos Reservados | Jornal Fato Novo | Vale do Caí | RS | Por Nigma Agência Digital