OFERECIMENTO:
Barão - Sábado, 22 de Julho de 2017 - Hora:08:00

Testemunhas são ouvidas para esclarecer acidente que matou ex-namorados

Polícia adota cautela na condução do caso, que segue alimentando suspeitas

Relatos de familiares sobre relacionamento de Rudinei e Raqueli apresentam contradições /Facebook/Reprodução

Familiares e amigos ainda buscam explicações para o acidente que vitimou os ex-namorados Raqueli Zimmer, 21 anos, de Barão, e Rudinei Testa, 30 anos, ocorrido na noite do último dia 12, em Carlos Barbosa. A Polícia Civil da cidade serrana começou a ouvir, nessa semana, pessoas ligadas aos jovens. O motorista do caminhão contra o qual o carro em que estavam colidiu e os socorristas que participaram do atendimento à ocorrência também prestaram depoimentos.

O condutor do veículo de cargas, Magnus Voos, 44 anos, deu a entender que a VW/Saveiro pode ter avançado de propósito contra o caminhão, conforme entrevista à Rádio Estação FM. “(A Saveiro) Tinha pista livre para retornar, mas simplesmente veio reto para cima do caminhão”, contou, reforçando que as condições da estrada eram boas.

Entre as muitas perguntas que cercam o caso, a investigação quer esclarecer porque Rudinei estava guiando o carro da família de Raqueli. Relatos contraditórios têm partido dos familiares dos dois. Enquanto pessoas ligadas ao rapaz garantam que o casal estava se reaproximando, a família da baronense desconhece essa hipótese. Conforme o perfil de Raqueli numa rede social, ela estaria iniciando um novo relacionamento.

Raqueli e Rudinei, que residia em Flores da Cunha, estariam separados há mais de seis meses. No dia do acidente, ele deixou seu local de trabalho, na cidade serrana, pouco depois das 17h, e partiu de moto para Barão, por razões desconhecidas de seus familiares. Ele teria, inclusive, um churrasco marcado para aquela noite com amigos. A jovem teria trabalhado numa floricultura de Barão, até o final da tarde, de onde teria saído para buscar a mãe num salão de beleza, o que acabou não acontecendo.

A colisão da Saveiro - que seguia na direção de São Vendelino - com o caminhão aconteceu por volta das 19h15, no Km 12 da ERS 446, na localidade de São José. “Por enquanto, não queremos fazer qualquer pronunciamento sobre a investigação, nem alimentar as fofocas que já correm sobre o caso na rua. Vamos aguardar os resultados das perícias nos corpos e também no local do acidente”, afirmou ao Fato Novo o delegado da DP de Carlos Barbosa, Leônidas Reis. O policial acredita que os laudos devam ser finalizados em cerca de 30 dias.

OFERECIMENTO:

colunas e blogs

o Vale quer saber

Não há enquetes disponíveis para votação no momento


Escritório Comercial S. S. do Caí:
Avenida Dr. Bruno Cassel, 179
Fone / Fax: (51) 3635-1900

Escritório Comercial Montenegro:
Rua Oswaldo Aranha, Via Verde, 1467
Fone / Fax: (51) 3632-9680

Administração:
Rua Fato Novo, Nº 11
Fone / Fax: (51) 3635-1428

Contato
Todos os Direitos Reservados | Jornal Fato Novo | Vale do Caí | RS | Por Nigma Agência Digital