OFERECIMENTO:
Sexta-Feira, 03 de Maio de 2013 - Hora:21:49

Tirando onda no Peru

Grupo de surfistas do Vale do Caí foi para o outro lado da América em busca de ondas perfeitas para a prática do surf

Daniel Rucker Klein, surfa há 15 anos e está foi sua segunda viagem para o Peru

O Vale do Caí fica relativamente distante do mar, e as praias ao alcance mais breve não oferecem boas ondas constantemente. Mas isso não é empecilho para que jovens da região se aventurem em busca de ondas mundo afora. Pelo contrário, as condições adversas com mar revolto no litoral gaúcho dão preparo fisíco para buscar ondas de maior qualidade e perfeição.

Entre os meses de março e abril os felizenses Matheus Rezzadori Hunoff, Marcelo Pasqualotto, Thiago Graebin Lamb, Emanuel Assmann e o caienses Fábio Fuchs Klein, Daniel Pooter, Rafael Ely, Vagner Godoy, Marcelo Bergesch Klein, Pedro Piovesan Biazus, Daniel Rücker Klein, Gabriel Schuler e Thiago Rucker Schaeffer, partiram para um dos destinos mais procurados pelos surfistas do mundo todo. Peru. País localizado na América do Sul é o destino mais visitados pelo surfistas brasileiros, já que possui uma infinidade de ondas perfeitas e constantes que quebram durante o ano todo e fica menos de 5 horas de vôo de Porto Alegre. Um Soles, moeda local do Peru, é equivalente a 0,76 centavos de Real. Ou seja o custo benefício de uma viagem assim acaba sendo inresistível.

A praia de Lobitos localizado no norte do Peru, a 250 km da divisa com o Equador, foi a base da turma. Hospedados de frente para umas das ondas mais perfeitas do mundo não faltaram momentos de muita alegria que marcaram para sempre a vida desses rapazes. O que para alguns é o paraíso para outros pode ser um inferno.

“ Turísticamente a região não tem muito a oferecer. É um deserto, de escassa vegetação. A base da economia é a extração de petróleo e gás natural. São inúmeras as plataformas de extração. De 5 anos pra cá o surf começou a crescer nessa região. Mesmo assim a infraestrura é precária.Quase todos os dias falta água, e quando tem, não é recomendável nem para escovar os dentes.” diz Fábio Fuchs Klein. Já na visão de surfista a opinião muda. “ As ondas são longas e perfeitas. E o melhor de tudo: todos os dias tem onda.” Perguntado sobre o que diferencia as ondas de Tramandaí com o Peru, Fuchs diz “ A posição geográfica que se encontra o Peru é favorável ao recebimento de swell (ondulações do mar) o ano todo. O que também acontece no litoral gaúcho porém a qualidade do swell e a plataforma continental do oceano Pacífico, alinhado com o período alto entre as ondas geram uma ondulação mais clean. Por conta do fundo do mar, onde quebram as ondas mais perfeitas, ser de pedra também favorece uma quebra de onda mais harmonica e perfeita. E o vento geralmente é terral ( da terra para o mar). Essa junção de fatores torna o Peru um país especial para os surfistas. Enfim paraíso total”.

O fato dos jovens do vale morarem longe do mar também é motivo de curiosidade “ Geralmente são surfistas de cidades litorâneas, no caso dos brasileiros quase todos do Rio de Janeiro e Santa Catarina. Quando nos pergutam onde moramos, a resposta vem sempre acompanhada de um ar de surpresa. O pessoal fica meio desacreditado” brinca Fábio.

O maior perrengue da viagem foi uma virose que atingiu praticamente toda a turma. Os sintomas foram vômito, diarréia e febre. E a causa especula-se que foi a água usada para cozinhar os alimentos na pousada. “ O Carotasso, pegou geral derrubou todo mundo” brinca Fuchs “Teve gente indo até para o Posto de Saúde”.
O surf é um esporte difereciado dos demais pois envolve uma eterna busca, por condições melhores, que acaba levando os surfistas viajarem para lugares fora dos eixos tradicionais de turismo. Esse espírito de sempre surfar boas ondas se renova a cada viagem, assim como a juventude desses rapazes.

colunas e blogs

o Vale quer saber

O que vai acontecer com Lula?
Nenhuma das opções
Voltará a ser presidente
Será preso


Escritório Comercial S. S. do Caí:
Avenida Dr. Bruno Cassel, 179
Fone / Fax: (51) 3635-1900

Escritório Comercial Montenegro:
Rua Oswaldo Aranha, Via Verde, 1467
Fone / Fax: (51) 3632-9680

Administração:
Rua Fato Novo, Nº 11
Fone / Fax: (51) 3635-1428

Contato
Todos os Direitos Reservados | Jornal Fato Novo | Vale do Caí | RS | Por Nigma Agência Digital